Palmas, Tocantins -

Cidades


Sem receber
3.678 visualizações

Em Itacajá, servidores da Saúde e Educação não receberam salário e 13º

A prefeita Maria Aparecida afirma que só para pagar os salários atrasados são necessários R$ 150 mil. Total de dívidas deixada pela administração anterior chega a R$ 231 mil.
- Atualizada em

Servidores dos setores da Saúde e Educação de Itacajá reclamam que não receberam os salários relativos a dezembro e nem o 13º salário. De acordo com as informações, pelo menos 50 funcionários estão nesta situação. “O ex-prefeito não efetuou o pagamento e atual administração não sabe quando vai pagar. Ele pagou apenas quem trabalhou na campanha dele”, afirmou um servidor ao Portal T1 Notícias.

 

De acordo com as informações, em virtude do não pagamento, os funcionários tem passado por dificuldades.

 

Sobre a situação, a prefeita de Itacajá, Maria Aparecida Lima Rocha Costa (PSD), informou ao T1 Notícias que está fazendo uma auditoria para apurar a situação. “Quem deveria ter feito o pagamento do salário e do 13º era o ex-prefeito. Mas ele não efetuou”, argumentou.

 

Maria Aparecida lembrou que já pagou o salário referente ao mês de janeiro. “Agora estamos fazendo levantamento daquilo que não foi pago aos servidores da Saúde e da Educação”, disse.

 

A prefeita afirmou ainda que não tem data prevista para a quitação dos atrasados. “Só para quitar a folha atrasada, são necessários em torno de R$ 150 mil”, argumentou a prefeita. Ainda segundo Maria Aparecida, o total de dívidas deixadas pela administração anterior chega a R$ 231 mil. “Além dos servidores da Saúde e da Educação, ficaram débitos com postos de combustíveis e INSS”, informou.

 

A prefeita pede a compreensão dos servidores e dos demais credores. "Vamos fazer os pagamentos de acordo com a disponibilidade de recursos”, finalizou. .