Palmas, Tocantins -

Cidades


Campanha
231 visualizações

Escola municipal de Palmas arrecada 38 mil tampinhas e lacres para o Hospital do Amor

A coordenação do hospital fará uma triagem de como as arrecadações poderão ajudar, mas prioritariamente são para construção da unidade
- Atualizada em
Regiane Rocha - Secom Palmas

Nesta terça-feira, 3, foram entregues 38. 501 tampinhas e 10 kg de lacres à Campanha do Hospital do Amor do Tocantins, em Palmas. Mas, essa ação simples começa com uma história de esperança, superação e cura que inspirou alunos da fase inicial da Escola de Tempo Integral (ETI) Eurídice Ferreira de Mello, localizada no Jardim Aureny III, a unir forças para fazer o bem ao próximo.

 

O personagem principal dessa história é Albertino Batista Lima, um simpático senhor de 63 anos que há dois anos foi diagnosticado com câncer de próstata e fez seu tratamento no Hospital de Barretos.

 

Conforme conta o senhor Albertino, durante o tempo em que esteve em tratamento, soube de campanhas de arrecadação de lacres e tampinhas que ajudam a manter o hospital e através dessa ação, muitos pacientes são beneficiados, pois tudo que é arrecadado é convertido em melhorias para o hospital. “Todas as vezes que eu voltava para Palmas, eu juntava várias tampinhas para ajudar o Hospital de Barretos, e conversando com o coordenador de lá, descobri que a ação poderia ser realizada aqui no Tocantins, e assim, ajudar nas obras do Hospital do Amor do Tocantins, na Capital”, contou.

 

A mobilização do senhor Albertino chegou ao conhecimento da coordenadora pedagógica da ETI Eurídice, Marina Célia Colaviti, que envolveu os alunos do 2° e 5° ano em uma linda ação de arrecadação de tampinhas. “Começamos a juntar tampinhas e lacres com as crianças no dia 30 de setembro e o que mais me encantou nas crianças foi o envolvimento de todos, e a empolgação deles em saber quantas mil tampinhas já tinham sido juntadas. Essa ação desperta nas crianças a consciência ambiental, e principalmente, o amor ao próximo, pois o gesto deles pode transformar vidas”, finalizou.

 

Marina explicou que os lacres serão usados na construção do Hospital do Amor aqui de Palmas e a cada 1.000 tampinhas arrecadadas, uma pessoa será beneficiada com uma cadeira de rodas. “A coordenação do Hospital do Amor fará a triagem de como as arrecadações poderão ajudar. Prioritariamente é a construção do hospital, depois de inaugurado, tudo que for arrecadado, vai ajudar na manutenção do prédio, alimentação de pacientes, medicamentos entre outros. E o que nos motiva é saber que tem uma pequena contribuição nossa em tudo isso, além de ajudarmos a salvar vidas”, disse.

 

Maria Helena de Sousa Lima, aluna do 3° ano, estava radiante com o resultado das arrecadações dela e dos seus coleguinhas. “Juntamos essas tampinhas para ajudar as pessoas que têm dificuldade de locomoção, que estão com câncer e precisam de tratamento. Muitas pessoas precisam da nossa ajuda, por isso estamos felizes em ajudar”, falou a aluna.

 

As tampinhas e lacres recebidos nesta terça serão armazenados na casa do senhor Albertino, depois serão repassadas aos coordenadores da campanha do Hospital do Amor do Tocantins, em Palmas.


Quem tiver interesse em doar, a ETI Eurídice é um dos pontos de arrecadação, assim como a sede de onde será construído o hospital.