Escola Padrão de Ensino Profissional de Arraias deverá ficar pronta em dez meses

A expectativa é do secretário da Educação, Danilo de Melo Souza. Obra foi lançada na manhã desta quarta-feira, 27. Lançamento da obra contou com participação de autoridades.

Secretário Danilo de Melo
Descrição: Secretário Danilo de Melo

 Foi dada a largada para a construção da Escola Padrão de Ensino Profissional de Arraias, com a solenidade de lançamento do canteiro de obras, nesta quarta-feira, dia 26. Para o secretário da Justiça e Direitos Humanos, Nilomar dos Santos Farias, que no ato representou o governador Siqueira Campos, “na escola de tempo integral, os alunos vão poder se dedicar ao conhecimento e isto trará desenvolvimento para Arraias”.

O secretário da Educação, Danilo de Melo Souza, disse que a proposta é inaugurar a escola em 10 meses e que haverá reuniões com a população de Arraias, para que esta ajude na escolha dos cursos que serão ofertados, conforme a necessidade da comunidade.

O prefeito Antônio Wagner Barbosa Gentil explicou que era uma emoção participar do lançamento de uma escola de grande porte, porque Arraias é uma cidade com 272 anos, que tem como vertente a educação.

O secretário Lindomar sugeriu que fossem oferecidos cursos técnicos em agronomia, agropecuária e veterinária que poderão ajudar a desenvolver tecnologias para se produzir com sustentabilidade.

Desenvolvimento

Para a diretora regional de Ensino, Liz Adriane Santos Martins, a escola representa para a região um pacto para o desenvolvimento, porque muitos alunos concluíam o ensino médio e não tinham outra opção, agora, eles poderão fazer um curso profissionalizante e ter um futuro diferente.

Liz citou que em Arraias estão chegando novas empresas e estão trazendo servidores de outros estados porque na região não há mão de obra e a escola poderá ajudar na formação de profissionais para atender a região.

 

Estudante Atos Gabriel

Na ocasião, o secretário da Educação, Danilo de Melo recebeu do estudante Atos Gabriel Tavares Moura, de 10 anos, aluno do 5º ano da Escola Estadual Brigadeiro Felipe, um livro contendo as criações dos alunos finalistas da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa.

Atos foi um dos finalistas na categoria poema e participou da solenidade de premiação em Brasília, no início do mês de dezembro.

Ele estava acompanhado pela mãe Silvia Adriane Tavares Moura, que trabalha no Ponto de Cultura, em Arraias, e do pai José Reginaldo Ferreira Moura, conhecido como o “Mestre Fumaça”.

\"https://mail.google.com/mail/u/2/images/cleardot.gif\"Ascom/Seduc

 

Comentários (0)