Palmas, Tocantins -
Palmas
1.579 visualizações

Estado devolve à Prefeitura de Palmas três militares; dois saem de licença

Uma fonte do Portal informou que outros dois, Gleydson Ranyere Alves Barbosa e Cleyton Alen, pediram licença por interesse particular.
- Atualizada em
Miranda volta atrás e cede novamente militares à Prefeitura Divulgação/Governo do Tocantins

O Governo do Estado do Tocantins voltou atrás e cedeu novamente ao Município de Palmas três dos seis militares que haviam tido suas cessões revogadas há menos de um mês. No Diário Oficial desta segunda-feira, 12, o Governo cede, novamente, os militares Albério Batista de Oliveira, João Paulo Procópio Vieira Silva (superintendente de Direitos Humanos) e Rodrigo Westphan Barbosa de Jesus.  As cessões são desta data até o dia 31 de dezembro de 2018.

 

Uma fonte do Portal informou que outros dois, Gleydson Ranyere Alves Barbosa e Cleyton Alen, pediram licença por interesse particular.

 

O ex-superintendente da Agricultura, Claudemir Portugal, assumiu o cargo de vereador na Câmara de Palmas, no lugar do vereador licenciado Gerson Alves.

 

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, também voltou atrás e cedeu novamente ao Estado os servidores Meire Carreira, secretária estadual de Meio Ambiente; Eduardo de Oliveira Bucar, assessor do gabinete do governador; e Morgana Nunes Tavares Gomes, superintendente na Secretaria Estadual de Educação. O prefeito havia chamado os servidores de volta ao Município em reação aos atos do governador Marcelo Miranda, que havia revogado a cessão dos seis policiais militares.