Palmas, Tocantins -

Cidades


Em Araguaína
685 visualizações

Famílias beneficiárias do Bolsa Família devem comparecer às UBS

Segundo Ascom, ação faz parte dos critérios para a manutenção do auxílio. 17 UBSs em toda a cidade já estão com as equipes para o atendimento.
- Atualizada em

As 8.805 famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família de Araguaína devem comparecer a uma das 17 Unidades Básicas de Saúde para realizar o primeiro acompanhamento de 2013. O município disponibiliza 39 equipes de saúde para atender as famílias.

Os moradores da Vila Azul devem comparecer à Unidade de Saúde do Setor Nova Araguaína entre os dias 15 e 19 de abril para realizar os acompanhamentos. O prazo para o acompanhamento dos demais setores vai até o dia 6 de maio deste ano, com atendimentos das 07h30min ás 11h30min ou 13h30min às 17h30min de segunda a sexta-feira

Os beneficiários têm o compromisso de acompanhar e manter atualizados o cartão de vacinação, o crescimento e desenvolvimento das crianças menores de 7 anos. Mulheres na faixa de 14 a 44 anos também devem comparecer às UBSs para o acompanhamento. No caso de gestantes, é preciso realizar o pré-natal e monitorar a saúde do bebê. Mais informações no telefone 3411-7083.

Educação

Crianças e adolescentes de 6 a 15 anos devem estar devidamente matriculados na rede municipal ou estadual de ensino, com freqüência escolar mensal mínima de 85% da carga horária. Já os estudantes de 16 e 17 anos devem freqüentas pelo menos 75% das aulas.

Bolsa Família

Criada em 2004, o Bolsa Família é um programa federal de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza – renda mensal de R$ 70 a R$ 140 por pessoa – e extrema pobreza – renda mensal de até R$ 70 por pessoa. A meta do Governo Federal é assegurar o direito à alimentação adequada, erradicação da pobreza e conquista de cidadania pela população em situação de vulnerabilidade.

Para ingressar no programa, as famílias precisam ter seus dados inseridos no Cadastro Único para Programa Sociais do Governo Federal – CadÚnico por meio dos municípios.

Os valores pagos pelo Bolsa Família variam de R$ 22 a R$ 200 de acordo com a renda mensal por pessoa da família e com o número de crianças e adolescentes de até 15 anos e jovens de 16 e 17 anos.

Os beneficiários se comprometem a cumprir algumas condicionalidades como manter as crianças e adolescentes em idade escolar freqüentando a escola; e cumprir os cuidados básicos em saúde, que é seguir o calendário de vacinação para as crianças entre 0 e 6 anos, e a agenda pré e pós-natal para as gestantes e mães em amamentação.

(Ascom Prefeitura)