Palmas, Tocantins -
CONSEG

Formada primeira turma de agentes comunitários de segurança em Taquaruçu

Os 53 moradores formados atuarão no Distrito, buscando melhorias para a comunidade local.
- Atualizada em
Curso foi ofertado pelo Núcleo Estadual de Segurança Pública. Ascom PMTO.

Um total de 53 moradores de Taquaruçu acabam de concluir o 1° Curso de Agente Comunitário de Segurança do Distrito, como parte do Projeto de Estruturação do Conselho Comunitário de Segurança (CONSEG) da localidade, implantado em junho deste ano. A formatura ocorreu na noite de terça-feira, 20, na Escola Estadual Duque de Caxias.

 

O curso foi ofertado pelo Núcleo Estadual de Segurança Pública, em parceria com a coordenação de Polícia Comunitária do 6° Batalhão da Polícia Militar, e capacitou membros da comunidade para atuarem em conjunto com as forças de segurança pública, na identificação e resolução de problemas da comunidade, por meio de soluções elaboradas pelo próprio grupo. 

 

Também concluíram o curso os membros do CONSEG local, passando a adquirir conhecimentos mais amplos, com foco na ação conjunta com a comunidade, buscando melhorias para a coletividade que representam. 

    

Esteve na solenidade o assessor do Núcleo de Polícia Comunitária, no estado, o major Thiago Monteiro Martins, que ressaltou a importância do engajamento de todos. “A comunidade, policiais militares e civis, na busca do bem comum; e a implantação do CONSEG se mostra como uma excelente iniciativa”.

 

A grade curricular do curso contemplou os seguintes conteúdos: conceitos e fundamentos de polícia comunitária; funções  constitucionais das polícias; abordagem policial; formas de reconhecer situações de risco; prevenção ao uso das drogas ilícitas; interação entre os agentes de segurança e a comunidade; mobilização social; e redes comunitárias de segurança e CONSEGs.

 

"O CONSEG é uma ferramenta fundamental na construção das soluções dos desafios da segurança pública na sociedade contemporânea.  E sua capacitação possui grande utilidade para a comunidade envolvida", destacou o tenente-coronel João Leyde de Souza, comandante do 6° BPM.