Palmas, Tocantins -

Estado


Combate às Drogas
320 visualizações

Governo Federal amplia em 6,3 mil vagas para atendimento a usuários em recuperação

Quirino Cordeiro Júnior informou nesta quarta-feira, 8, as vagas que serão financiadas pelo Governo Federal
- Atualizada em
Sérgio Botêlho Júnior

Presente em Araguaína nesta quarta-feira, 8, o Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, Dr. Quirino Cordeiro Júnior, conversou com o T1 Notícias por telefone e revelou com exclusividade que o Governo Federal ampliará em 6.300 vagas o atendimento a usuários em recuperação do uso de drogas ilícitas, atingindo 17.300 pessoas em tratamento no próximo ano.

 

Araguaína será contemplada com 30 vagas, que custam à União R$ 1.170,00 por mês, segundo o secretário. O prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, agradeceu e comemorou a notícia, uma vez que até agora, o município arcava sozinho com esses custos. “A partir de agora entra o apoio importantíssimo do Governo Federal e desta parte que tem feito a diferença para tantas pessoas, que as vezes são consideradas lixos, jogadas fora da sociedade e aqui estamos recebendo a oportunidade de fazer o tratamento, cuidando destas pessoas que são seres humanos, tem famílias e precisam ser respeitados”, pontuou o prefeito.

 

“Nossa política combate em três frentes: a repressão e combate ao narcotráfico, atuamos no tratamento e na recuperação de usuários e na prevenção, num trabalho de capacitação nas escolas”, disse ele ao T1.

 

O secretário nacional destacou ainda o trabalho iniciado em parceria com o Instituto Recriar Vidas. “É uma parceria forte, no eixo da prevenção. Começamos no Tocantins e estamos levando para outros estados do país. É importante evitar que nossa juventude trilhe esse caminho”, reforçou.

 

Quirino Cordeiro Júnior cumpre agenda no Tocantins nesta quarta-feira, 8, e quinta-feira, 9, na região do Bico do Papagaio. Além de Araguaína, o secretário participa, em conjunto com Ricardo Ribeirinha, criador do Instituto Recriar Vidas, de entrega dos certificados do Projeto Recriar Vidas em Palmeiras do Tocantins e realiza lançamento de projeto em Sítio Novo e Aguiarnópolis.

 

Projeto Recriar Vidas

 

O Recriar Vidas é um programa que nasceu no Tocantins, mas encontra-se em expansão para diversos outros estados, dentre eles Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal, Goiás e Pará, tendo como objetivo a aquisição de livros de prevenção de uso de drogas e de capacitação por meio de estudo de caso real de profissionais das áreas de educação, assistência, saúde e segurança, dividido em etapas, sendo instrumentalização pedagógica, psicológica e métrica dos profissionais, garantindo a formação de uma rede de proteção social nas cidades, especialmente quanto a avaliação do risco e grau de consumo de substâncias psicoativas, bem como ações de redução dos fatores de vulnerabilidade social de crianças e adolescentes.

 

Atualmente, o projeto é reconhecido pela United Nations Office on Drugs and Crime – UNODC, Escritório das Nações Unidas sobre Drogas no Brasil, pela SENAPRED do Governo Federal e por diversas outras cidades e instituições que já receberam o programa.