Mais de 200 abordagens são feitas no primeiro fim de semana da Operação Balada Segura

Nesse final de semana, foi dado início as primeiras ações de fiscalização da operação, em pontos de grande movimentação em Palmas.

10 motoristas tiveram CNH recolhidas
Descrição: 10 motoristas tiveram CNH recolhidas

As primeiras blitze de fiscalização educativa e repressiva da Operação Balada Segura resultaram em mais de 200 abordagens e dez condutores tiveram recolhidas as  CNHs (Carteira Nacional de Habilitação), um por teste de alcoolemia positiva e nove por recusas ao teste. Ainda durante as rondas de rotina da equipe de fiscalização durante o final de semana, outros três motoristas tiveram a CNH recolhida por dirigir sob o efeito do álcool. 

 

Ao todo, foram realizados 107 teste de alcoolemia. A ação é resultado da união das forças de segurança da Capital e de instituições parceiras  que na última sexta-feira, 09, assinaram Termo  de Cooperação para atuarem juntas no Balada Segura, com a missão de reduzir os números de vítimas da violência no trânsito na Capital.

 

E nesse final de semana, foi dado início as primeiras ações de fiscalização da operação, em pontos de grande movimentação em Palmas.

 

A Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu) informou ainda que os três condutores que tiveram a Carteira Nacional de Habilitação recolhidas, em ronda de fiscalização contínua, foram abordados por estarem dirigindo perigosamente e foi constatado que estavam sob efeito de álcool, colocando em risco a própria segurança e como consequência a vida de outras pessoas.

 

Para a gerente de Fiscalização de Trânsito, Glauce Kelly de Souza, “com o lançamento do Balada Segura as fiscalizações noturnas serão intensificadas, e com isso o condutor tem de se educar, ou vai ser fiscalizado e punido, de acordo com as normas do Código Brasileiro de Trânsito. E esse final de semana a Capital recebeu muitas pessoas de fora, por conta da realização do concurso, e quem não estava dirigindo em conformidade com a lei, e não conhece nosso trabalho de fiscalização, foi atuado também na Operação Balada Segura”.

 

Para o secretário da Sesmu, Major Leonardo, o Balada Segura é uma ação de todos e objetivo é garantir que as pessoas se divirtam com responsabilidade, elegendo o motorista da vez. "A diversão precisa ter responsabilidade. Porque se for dirigir, não beba".

 

Parceiros


Se uniram nessa cruzada pela vida no trânsito, a Prefeitura de Palmas, através da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana com os Agentes de Trânsito e a Guarda Metropolitana, e Secretaria Municipal de Saúde; o Detran-TO; a Energisa; o Projeto Vida no Trânsito; as Polícias Rodoviária Federal, Civil e Militar; Poder Judiciário do Tocantins; Ministério Público Estadual e Secretaria de Saúde do Estado.
 

Comentários (0)