Palmas, Tocantins -
Acidente grave
9.564 visualizações

Médico de Palmas é atropelado enquanto fazia treino de ciclismo e estado é grave

Segundo informações, o médico teria sofrido um hematoma subdural raquidiano, uma espécie de sangramento no espaço existente entre o cérebro e a membrana que o protege
- Atualizada em
Médico foi atropelado enquanto fazia treino de ciclismo Divulgação/Redes Sociais

O médico ginecologista Pedro Caldas, especialista em reprodução humana e que atende na Capital, foi atropelado na manhã deste domingo, 12, enquanto treinava ciclismo na marginal da Rodovia TO-050, nas proximidades do Dertins, em Palmas, com um grupo de assessoria esportiva. Conforme informações apuradas pelo T1 Notícias, o médico foi atingido por um veículo de passeio e jogado no para-brisas do carro. Outros ciclistas que faziam o mesmo percurso teriam presenciado o acidente. Um outro médico, Moacir Naoyuk Ito, também foi atingido no acidente, mas sofreu escoriações leves.

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência esteve no local e conduziu o médico ao Hospital Geral de Palmas, onde ele passou por cirurgia. Segundo informações, o médico teria sofrido um hematoma subdural raquidiano, uma espécie de sangramento no espaço existente entre o cérebro e a membrana que o protege. A Secretaria Estadual de Saúde informou, em nota, que o médico foi transferido ao Hospital Oswaldo Cruz, onde permanece internado, em estado grave. 

 

A perícia esteve no local e as causas do acidente serão investigadas. O carro que atingiu os ciclistas era supostamente conduzido por uma jovem que apresentava sinais de embriaguez. A motorista foi levada à Central de Flagrantes da Polícia Civil, onde pagou fiança e foi liberada.

 

Nas redes sociais do médico vários amigos deixam mensagens de apoio, desejando uma rápida recuperação a Pedro Caldas.