Palmas, Tocantins -

Cidades


contrato emergencial em Palmas
1.148 visualizações

Novo contrato com a Terra Clean aumenta custo em mais de R$ 3 milhões

Enquanto o processo de licitação de coleta de lixo corre, Gestão disse que assinaria nesta terça novo contrato emergencial. O primeiro foi de quase R$ 7 milhões, e o deste ano mais de R$ 10 milhões...
- Atualizada em

A Prefeitura Municipal de Palmas divulgou nesta última segunda-feira, 6, que assinará nesta terça-feira, 07, um novo contrato emergencial para coleta de lixo com a Terra Clean Comercial Ltda, no valor de R$ R$ 10.193.226,56.

Em julho do ano passado, por meio de uma dispensa de licitação, a prefeitura contratou a Terra Clean por R$ 6.897.960,00. Desta forma a empresa que hoje exerce os serviços de limpeza urbana vai receber R$ 3.295.266,56 a mais neste segundo contrato com a Prefeitura de Palmas.

Conforme a secretária municipal interina de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), Valéria Hollunder, mesmo com um valor de mais de R$ 3 milhões do que o pago no primeiro contrato, o prazo para a prestação de serviços será o mesmo do ano passado, isto é, seis meses. “Este vínculo tem vigência de 180 dias”, afirmou. No entanto, ela ressaltou que o vínculo contratual “poderá ser interrompido se o processo licitatório, que está em vigência, for concluído”, explicou Hollunder em matéria divulgada nesta segunda-feira, 6, pelo T1 Notícias.

O T1 Notícias solicitou esclarecimentos à Prefeitura de Palmas sobre as informações de valores descritoss acima, mas até o fechamento desta matéria ainda não havia obtido resposta. Este espaço fica aberto caso a Gestão queira se posicionar sobre o assunto.

Processo licitatório

A Prefeitura de Palmas realizou na última segunda-feira, 30, a primeira etapa do procedimento licitatório para a contratação de empresa especializada para a execução de serviços de limpeza urbana e 10 empresas fizeram a visita técnica à Seisp e apenas seis destas compareceram com propostas durante o processo de concorrência.

De todas as concorrentes, apenas a Valor Ambiental, que conforme noticiado pelo T1 Notícias, já possui alguns problemas na justiça, apresentou todas as exigências estabelecidas no edital de concorrência. Conforme a Secretaria de Comunicação (Secom) o prazo para recursos se encerra nesta terça-feira, 07, às 18h. Até esta segunda-feira, 6, apenas a empresa Litucera Limpeza e Engenharia havia entrado com recurso.