Palmas, Tocantins -
Contra alagamentos

Obra de construção de bueiro e duplicação da NS-04, em Palmas, chega a 70%

Quando concluído, esse trecho da NS-04 trará melhorias para os moradores da região, principalmente pelas constantes ocorrências de alagamento da antiga via. Além disso, contemplará calçadas.
- Atualizada em
Ocorrências de alagamento da antiga via serão evitadas Secom Palmas

A obra de construção do bueiro celular triplo, o corredor ecológico, na Avenida NS-04, ao lado do Parque dos Povos Indígenas, na região Norte de Palmas, atingiu 70% de andamento, restando 30% para conclusão. A previsão de entrega é para o final deste ano. Na manhã de terça-feira, 9, uma equipe técnica e gestores da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), esteve no local para acompanhamento do andamento da obra.

 

No local, já foi feita a retirada de solo mole, agulhamento com pedra para estabilização do solo, ampliação da rede de drenagem, execução de dreno profundo com manta bidim e seixo, aterro das duas pistas para duplicação da avenida, terraplanagem. O projeto também contempla a pavimentação asfáltica com concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), execução de meio fio, descidas d’água, sinalização viária e paisagismo.

 

A obra integrará a estrutura já existente do Parque dos Povos Indígenas, e quando concluída fechará o circuito das pistas de caminhada e ciclismo já existentes no local. Cabe ressaltar que quando concluído, esse trecho da NS-04 trará melhorias para os moradores da região, principalmente pelas constantes ocorrências de alagamento da antiga via. Além disso, contemplará calçadas.

 

Na avaliação do secretário da Seisp, Antônio Trabulsi, a duplicação da via proporcionará mais segurança às pessoas que transitarão pela avenida, além de garantir mais fluidez ao trânsito. “Também refletirá na preservação da mata ciliar e conservação do Córrego Sussuapara, importante corredor ecológico da cidade, além de ser uma passagem segura para animais”, garante.

 

O secretário executivo da Seisp, Paulo Cezar Monteiro, acrescenta ainda que enquanto o trecho estiver interditado, o tráfego segue desviado para as avenidas NS-02 e NS-08.