Palmas, Tocantins -

Cidades


Semus faz investigação
534 visualizações

Pais podem ajudar na identificação de alunos com hanseníase e tracoma

As informações sobre estado de saúde da criança ajudarão a Semus a identificar quais alunos necessitam de atendimento
- Atualizada em

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) inicia inquérito de investigação de casos de hanseníase e tracoma nas escolas, nesta segunda-feira, 25 de março.

A investigação de casos de ambas as doenças acontecerá em todas as escolas da rede pública municipal de Palmas com alunos entre cinco e 14 anos.

A primeira etapa do inquérito acontece em casa com o preenchimento do pai junto com a criança de um formulário com informações de saúde do aluno.
 

Em casa

A coordenadora da Divisão de Doenças Transmissíveis da Semus, Socorro Sarmento, alerta ainda para os pais assinam o termo que os alunos levarão para casa autorizando a inclusão do  filho no inquérito.

As informações sobre estado de saúde da criança ajudarão a Semus a identificar quais alunos necessitam de atendimento e início imediato do tratamento para hanseníase e tracoma, que são gratuitos.

Segundo o secretário da Saúde de Palmas, Walter Balestra, o objetivo do inquérito é identificar crianças com essas doenças, que podem interferir no rendimento escolar e desenvolvimento da criança.

Juliana Matos