Palmas, Tocantins -

Cidades


Saúde
148 visualizações

Palmas conquista destaque no eixo saúde em estudo sobre cidades e mobilidade no país

De acordo com a pesquisa, a capital ficou com a segunda posição nos eixos relacionados à saúde e em 1° lugar no ranking geral de cidades mais inteligentes na região norte.
- Atualizada em
Raizza Milhomem

Palmas conquistou o 2º lugar no indicador de ‘Saúde’ na edição de 2020 do mais importante estudo e iniciativa do país sobre cidades e mobilidade do Brasil, o Ranking Connected Smart Cities. A Capital também aparece em 1° lugar no ranking geral de cidades mais inteligentes na região norte.

 

Segundo a pesquisa, Palmas ficou com a segunda posição nos eixos relacionados à saúde, tais como mortalidade infantil, cobertura equipe de saúde da família, leitos por habitantes, despesas com saúde e médicos por habitantes. 

 

Considerando o indicador Saúde, em que foi a mais bem avaliada, Palmas se destaca por ser uma cidade com 100% de cobertura pela atenção básica. Formada por 86 equipes de saúde da família, 34 unidades de saúde e 450 agentes de saúde atuando na rede da capital.

 

O estudo

 

­Ranking Connected Smart Cities é composto por 70 indicadores em 11 eixos temáticos: Mobilidade, Urbanismo, Meio Ambiente, Tecnologia e Inovação, Empreendedorismo, Educação, Saúde, Segurança, Energia, Governança e Economia.

 

Na edição de 2020, foram coletados dados e informações de todos os municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes (segundo estimativa populacional do IBGE em 2019), totalizando 673 cidades, sendo: 48 com mais de 500 mil habitantes, 274 com 100 a 500 mil habitantes e 349 com 50 a 100 mil habitantes.