Palmas, Tocantins -

Cidades


Gurupi
853 visualizações

Para Prefeitura, candidatos não serão prejudicados com suspensão de concurso

Concurso tem 10.230 inscritos e está suspenso por seis meses. Prefeitura afirma que não encontrou contrato com empresa responsável pela realização do certame.
- Atualizada em

Em entrevista à imprensa o procurador geral de Gurupi, Thiago Benfica, falou sobre a suspensão do concurso público do município e ressaltou que nenhum candidato será prejudicado. O procurador informou que até novembro foram inscritas 10.230 pessoas. 

 

O concurso público, iniciado no ano passado, está suspenso por até 180 dias para averiguação da situação legal e financeira para a realização do certame. “A suspensão é uma questão de prudência. Nenhum candidato será prejudicado e vamos garantir os direitos de todos os candidatos inscritos. O objetivo da suspensão não é protelar o concurso, mas sim resolver os problemas e as questões jurídicas que o envolvem para fazer um novo concurso dentro da legalidade e das condições financeiras do município”, ressaltou o procurador de Gurupi.

 

Valores

 Ainda segundo o procurador geral do município, a estimativa é que foram arrecadados entre R$ 300 mil e R$ 400 mil com as inscrições, mas que na conta do concurso, que foi criada especificamente para movimentações financeiras do certame, atualmente existe um saldo de R$ 940,86.

 

De acordo com o procurador, “pelos extratos que temos em mãos este recurso foi usado para quitar contas do município, como por exemplo, com posto de gasolina. Todos os levantamentos sobre isso estão sendo feitos para apurar a responsabilidade. Vamos encaminhar toda a documentação referente a utilização deste recurso ao Ministério Público, para que o mesmo possa tomar as providências cabíveis”, afirmou Thiago Benfica.

 

O procurador informou ainda que foi pago o valor de R$ 172 mil à empresa contratada para a realização do certame, Ebracon – Empresa Brasileira de Concursos, e que a vigência do contrato da empresa com a Prefeitura de Gurupi já se inspirou. “A empresa foi contratada em junho pelo período de 120 dias e hoje a Prefeitura não tem contrato com esta empresa para a realização do certame, não foi encontrado nenhum documento que prorrogasse o contrato”, destacou.