Palmas, Tocantins -
Stand-up
649 visualizações

Paulo Vieira faz show “Juntei Tudo pra Te Contar” no próximo sábado, 18, em Palmas

Com a sinceridade e humor que lhes são característicos, Paulo Vieira fala de pobre como ninguém, sem abrir mão da criatividade e das referências que carrega
- Atualizada em
Paulo Vieira faz show em casa nesta sexta-feira Divulgação

O humorista e partner no “Programa do Porchat”, da Record TV, Paulo Vieira apresenta em Palmas no próximo sábado, 18, no Theatro Fernanda Montenegro, às 20 horas, seu solo “Juntei Tudo pra Te Contar”. O show tem a duração de 60 minutos e a classificação é de 14 anos.

 

O primeiro teste que Paulo Vieira faz sozinho no palco é um aglomerado dos seus melhores textos de stand up: a infância no interior, a vida de ator amador, a família, os amigos... tudo está no palco com ele, tanto que, quem o assiste, tem a impressão de conhecê-lo tão bem quanto o amigo mais íntimo, pois Paulo não tem medo de se expor no palco, seja falando das confusões da sua família ou das suas observações mais íntimas.

 

Com a sinceridade e humor que lhes são característicos, Paulo Vieira fala de pobre como ninguém, sem abrir mão da criatividade e das referências que carrega. A "pobreza", que ele narra, é a parte mais rica de um universo que é comum a milhões de Brasileiros. Inclusive, foi falando de si e da própria família que Paulo Vieira se tornou o mais premiado comediante da nova geração, conquistando os principais prêmios de humor do País e também sendo destaque na televisão. "Cada comediante tem uma visão de mundo. No meu show eu quero emprestar meu óculos pra plateia e fazer eles verem como eu vejo o mundo", adianta o artista.

 

Os ingressos antecipados estão à venda por R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia), ou R$ 25,00 promocionais, na loja da Fundação Cultural de Palmas (Capim Dourado Shopping) ou 42 Bar & Board Games (108 Sul). Informações: (63) 9 9287-9642.

 

Perfil

 

Nascido em Trindade (GO), Paulo Vieira chegou ao Tocantins ainda criança na companhia dos familiares. De família pobre, o artista começou a ajudar os pais ainda criança a fazer e vender salgados para ajudar no sustento do lar. Na adolescência, a mãe de Paulo Vieira sofreu uma grave depressão e parou de fazer salgados, dificultando na renda familiar. Foi quando Paulo Vieira começou a utilizar do humor para tentar descontrair a mãe para momentos de mais alegrias.