Palmas, Tocantins -

Cidades


Em Lagoa do Tocantins
3.186 visualizações

Polícia abre inquérito para apurar assassinato de Renê Coutinho ocorrido em Lagoa

Renê Coutinho Diógenes morava em Buritirana, mas foi assassinado em Lagoa do TO, após jogar uma partida de futebol. A SSP informou ao Portal que a Polícia Civil abriu inquérito para investigar o crime
- Atualizada em
Descrição: Renê Coutinho Diógenes Divulgação/Instagram

A Polícia Civil do Tocantins instaurou inquérito para investigar as causas que resultaram no assassinato a tiros do jovem Renê Coutinho Diógenes, 29 anos, no último domingo, 24, em Lagoa do Tocantins. As informações são da Secretaria da Segurança Pública (SSP), que ressaltou que os trabalhos investigativos serão conduzidos pela 77ª DP de Lagoa. O autor do crime está foragido.

 

Renê foi atingido por mais de um tiro quando estava em frente a uma distribuidora de bebidas na região central do município, após jogar um torneio de futebol. Segundo informações da Polícia Militar, a ocorrência foi registrada às 00h30. Ao chegar ao local, após denúncias de disparos de arma de fogo, testemunhas relataram à PM que Renê havia levado tiros e que foi levado para o hospital regional.

 

Devido à gravidade do caso, a vítima recebeu encaminhamento para ser transferida para o Hospital Geral de Palmas (HGP). Entretanto, no caminho para a Capital, Renê não resistiu e perdeu a vida.

 

Renê Coutinho cresceu em Taquaruçu, onde sua avó mora, mas residia atualmente no distrito de Buritirana e era conhecido pelo seu amor ao futebol e seu jeito alegre. O jovem deixa familiares e amigos, os quais lamentaram profundamente a perda e prestaram homenagens através de redes sociais.

 

A perda do jovem causou muita comoção nos distritos de Buritirana e Taquaruçu. A população está em choque com a forma brutal em que o assassinato ocorreu.

 

Motivo teria sido banal

 

Testemunhas relataram que o suspeito passava com seu carro em frente à distribuidora de bebidas e teria jogado o veículo em direção a Renê e amigos. Um dos rapazes, em reação, teria chutado o carro do suspeito. Logo após, o autor teria ido até sua residência, buscado uma arma de fogo e retornado ao local para, em seguida, disparar tiros, momento em que Renê foi atingido.

 

Após os disparos, o autor, identificado como Renan Campos, fugiu. A Polícia está em busca do suspeito, que, até o momento, não foi localizado.