Palmas, Tocantins -

Cidades


Nesta sexta-feira, 26
5.896 visualizações

Prefeita Cinthia deve decretar toque de recolher em Palmas nesta sexta, 26

O Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE-Palmas Covid-19), de acordo com Cinthia, está analisando o teor das medidas que serão publicadas no Diário Oficial do Município.
- Atualizada em
Descrição: Prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro. Reprodução

Diante dos avanços dos casos da Covid-19 e do número de mortes nas últimas semanas na Capital, a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) deve decretar até esta sexta-feira, 26, toque de recolher na cidade, limitando o horário de funcionamento das atividades comerciais e sociais. A prefeita anunciou a medida durante entrevista nesta quinta-feira, 25, a uma emissora de TV de Palmas.

 

O Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE-Palmas Covid-19), de acordo com Cinthia, está analisando o teor das medidas que serão publicadas no Diário Oficial do Município. Adiantou, no entanto, que todas as atividades terão um horário de funcionamento.

 

O decreto, de acordo com  prefeita, vai proibir o consumo de bebidas nos locais de venda e em espaços públicos, como porta de distribuidoras, lojas de conveniência e bares. Medida semelhante (lei seca) já havia sido adotada pela prefeitura, mas foi derrubada pela Justiça após ação da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa).


 
Cinthia disse na entrevista que a medida se faz necessária porque  alguns comerciantes não cumpriram as recomendações do decreto de reabertura, quando foram notificados 18 estabelecimentos comerciais, dos quais cinco autuados "pelo não cumprimento das normas sanitárias nem terem se preparado para receber os clientes".