Palmas, Tocantins -
Em Dianópolis

Prefeitura e IFTO iniciam segunda etapa de Projeto Piloto com comunidade rural

Depois de concluída esta fase, alunos, comunidade e prefeitura iniciaram os trabalhos práticos, com formação e orientação técnica aos produtores da região
- Atualizada em
Divulgação

Na tarde da última terça-feira, 16, o prefeito Padre Gleibson Moreira, em parceria com o Instituto Federal do Tocantins (IFTO/Dianópolis), deram início a 2° etapa do Projeto Piloto de Assistência Técnica, que tem como objetivo o fortalecimento da agricultura familiar, com a comunidade rural do assentamento Bela Vista I.

 

Depois de concluída a fase de triagem dos lotes, alunos, comunidade e prefeitura iniciaram os trabalhos práticos, com formação e orientação técnica aos produtores da região.

 

Definidas as demandas de cada parceiro, a prefeitura vai dar continuidade aos serviços de manutenção e recuperação das estradas, além de garantir o preparo do solo com maquinário do município, fornecimento de água no período de estiagem, entre outras ações que compete ao município.

 

O IFTO/Dianópolis está atuando com toda parte técnica, com coordenação de professores e participação efetiva dos alunos, supervisionando, orientando e implantando o projeto com a comunidade.

 

Os trabalhos, entre Prefeitura e IFTO, vai atender as áreas de agricultura, produção de leite, bovinocultura e hortaliça. “Estamos satisfeitos com essa parceria. Um projeto piloto, que com certeza será estendido para demais comunidades. Uma oportunidade única para o pequeno produtor, que está recebendo auxílio técnico profissional sem nada de custo”, destacou o prefeito.

 

Além do IFTO, o projeto conta com parceria do Sebrae, Ruraltins e Projeto Manuel Alves. A segunda etapa, teve início com a presença do diretor do Campus de Dianópolis, Pietro Lopes, professores da Unidade, alunos e comunidade assistida. O projeto tem a coordenação do professor de Ensino Básico Técnico e responsável pelo Núcleo de Agroecologia e Produção Sustentável, do IFTO/Dianópolis, Eduardo Carvalho Dias, alunos e comunidade assistida.

 

Na próxima segunda-feira, às 8h terá início na comunidade rural, a formação técnica sobre a produção de leite.

Notícias sobre:

dianopolis projeto rural ifto