Presidente da Feccamto lança livro "Umbanda de Terreiro" neste sábado, 14, em Palmas

O exemplar é a primeira obra sobre a religião Umbanda de um autor do Tocantins. Lançamento ocorrerá no Instituto Umbandista Tenda de Caboclo, a partir das 10h

Ocorre neste sábado, 14, no Instituto Umbandista Tenda de Caboclo, em Palmas, a partir das 10h, o lançamento do livro "Umbanda e Terreiro", de autoria do presidente da Federação das Casas de Culto de Matriz Afro Brasileira do Tocantins (Feccamto), Gildener Sousa, conhecido como Pai Gil. O evento é aberto ao público e contará com sessão de autógrafos e vendas da obra.

 

Em entrevista ao T1 Notícias, Gildener comentou que a obra foi produzida durante a pandemia de Covid-19 com o objetivo de desmistificar paradigmas criados sobre a religião Umbanda. Segundo o ele, o livro traz informações sobre as raízes da religiosidade, mostrando a resistência ao longos dos anos em meio à sociedade. "Este é o primeiro livro de temática umbandista de um autor e sacerdote de Umbanda do Estado do Tocantins. A motivação maior para escrever esta obra foi por algumas questões que entraram em cheque, como a desmistificação do processo étnico religioso que, por vezes, é erroneamente adcionado sobre os ombros da Umbanda, pelas religiões majoritárias, sempre com um olhar crítico, rotulando que a Umbanda é culto de dêmonio", pontuou.

 

Para Gildener, com uma linguagem direta e simples, a obra "Umbanda e Terreiro" quebra paradigmas sobre a religião. "Este livro vem trazer a quebra de paradigmas, quebra de tabus, e vem para informar toda a sociedade umbandista ou não. A linguagem do livro é muito direta e simples e vem atender o anseio de nós, umbandistas, e também as necessidades da sociedade no quesito de informação. A obra aborda 60 assuntos pertinentes à nossa religião. Eu senti a necessidade de imortalizar este conhecimento", finalizou o autor.

Comentários (0)