Palmas, Tocantins -

Cidades


Miracema do Tocantins
1.333 visualizações

Queimada em lixão municipal teria causado incêndio em empresa; prefeitura nega

Um incêndio na área de uma empresa de Miracema, gerou um prejuízo de R$ 1,3 milhão e a empresa culpa a prefeitura de ter ateado fogo no lixão municipal. A gestão nega que ateie fogo no lixão.
- Atualizada em
Descrição: Incêndio causa prejuízos em Miracema Foto do leitor

Um incêndio atingiu a empresa Viveiros Tocantins na madrugada desta sexta-feira, 4, e segundo a viveirista e procuradora da organização, Adriana Botelho, o prejuízo chega ao montante de R$ 1,3 milhão. Adriana denunciou ao T1 que o incêndio teria atingido a plantação de eucalipto da empresa após a prefeitura ter ateado fogo no lixão municipal. “Eles sempre ateiam fogo no lixão e esse ano já tivemos que fazer o controle das queimadas por duas vezes”, relatou a viveirista.

 

De acordo com Adriana, com o grande prejuízo causado pelo incêndio, a empresa teve que demitir 14 funcionários de uma vez só e segundo ela a Viveiros Tocantins registrou Boletim de Ocorrência contra a prefeitura junto à Polícia Civil e vai procurar os órgãos de controle ambiental do Estado bem como proceder com uma denúncia junto ao Ministério Público.

 

Em nota, a prefeitura de Miracema negou que tenha ateado fogo no lixão. “A manutenção do lixão da cidade é realizada por meio da abertura de valas onde são depositados os resíduos e não pela utilização do fogo”, consta na nota da prefeitura que condena a prática de atear fogo para manutenção do lixão já que é ilegal.

 

Sobre o incêndio na Viveiros Tocantins, a gestão lamentou o acontecido e lembrou que, em casos desta natureza, a brigada de incêndio municipal está a disposição para combater os focos.

 

Na nota, a gestão informou que, em conjunto com prefeitos que formam o Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico e Desenvolvimento da Região Centro Norte do Tocantins (Cisbato), está discutindo a implantação do aterro sanitário e buscando recursos para a concretização do projeto que vai atender, além de Miracema, as cidades de Miranorte, Rio dos Bois, Barrolândia, Tocantínia e Lajeado. O aterro sanitário ficará localizado em Miracema.

 

A prefeitura destacou ainda por meio da nota que a situação das queimadas que tem colocado o Tocantins em situação de alerta neste período seco do ano também atinge Miracema do Tocantins. “A região está sofrendo com vários focos de incêndio e a prefeitura tem atuado junto ao problema por meio de sua brigada de incêndio que recebeu treinamento por meio do governo do estado”, informou a prefeitura.