Palmas, Tocantins -
Desaparecimento
1.453 visualizações

Sem novidades, investigações do desaparecimento de Bruno Jales permanecem sigilosas

Bruno que está desparecido desde o dia 22 de outubro, morava em Porto Nacional, mas foi visto em Palmas pela última vez.
- Atualizada em
Bruno está desaparecido desde o dia 22 de outubro Divulgação Facebook

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-TO), por meio da Polícia Civil do Tocantins, informou, em nota à imprensa, nessa quarta-feira, 7, que o desparecimento do motorista Bruno Jales, de 33 anos, correrá em investigação sigilosa.

 

Bruno que está desparecido desde o dia 22 de outubro, morava em Porto Nacional, mas foi visto em Palmas pela última vez. A família noticiou o sumiço no dia 4 de novembro, supondo que a ausência teria se dado pelo trabalho de Bruno, que é motorista de caminhão. O carro do rapaz foi encontrado nessa última semana próximo a Praia do Caju, o veículo permanecia no mesmo lugar já há cerca de 10 dias. 

 

De acordo com a nota enviada pela SSP-TO, "visando à localização mais rápida possível do rapaz, as investigações já foram iniciadas e as técnicas e instrumentos utilizados pela especializada, Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa  (DHPP), para a apuração do ocorrido, não serão públicos, tendo em vista que a dispersão de informações pode comprometer a efetividade e a celeridade, do andamento do caso".

 

Ainda ontem, terça-feira, 6, testemunhas do caso foram ouvidas pelo delegado Isarael Andrade Alves, chefe DHPP. Até o momento, a família do motorista, continua sem notícias e os amigos seguem procurando o jovem.