Palmas, Tocantins -

Cidades


Homicídio na rodovia
4.228 visualizações

Suspeito de matar PM é alvo de emboscada na TO-050 e executado por grupo armado

Suspeito ferido seria encaminhado ao HGP, mas no trajeto, na TO-050, indivíduos armados e encapuzados renderam a equipe e tomaram a ambulância, assassinado o autor
- Atualizada em
Descrição: Suspeito foi executado em emboscada na rodovia Divulgação

Em nota enviada ao T1 Notícias na manhã deste sábado, 23, a Polícia Militar informou que um dos suspeitos pelo assassinato do cabo da PM, Rubim Lopes Monteiro, de 33 anos, ocorrido ontem, 22, em Porto Nacional, foi executado por um grupo armado e encapuzado na TO-050, após ser retirado de dentro da ambulância que o levaria ao Hospital Geral de Palmas.

 

Conforme a PM, após o assassinato do policial, a equipe da polícia recebeu a informação de que uma pessoa teria dado entrada na UPA em Porto Nacional com ferimentos de disparos de arma de fogo. No local foi constatado que o paciente se tratava de um dos suspeitos, Daniel Ferreira de Souza, de 20 anos, que havia sido alvejado pelo cabo Rubim.

 

Daniel foi colocado em uma ambulância, para ser encaminhado ao HGP, onde passaria por cirurgia, mas no trajeto, na TO-050, próximo à Agrovale, indivíduos armados e encapuzados, em dois veículos, abordaram a viatura que fazia a escolta da ambulância, renderam a equipe e tomaram a ambulância.

 

A PM informou ainda que o grupo alvejou o suspeito a tiros e liberaram o motorista da ambulância, que seguiu viagem com o suspeito ferido até o Posto Rodoviário Estadual. O Corpo de Bombeiros e o SAMU foram acionados e constataram a morte de Daniel. O Instituto Médico Legal, a Perícia Técnica e a Delegacia de Homicídios também foram acionados.

 

Após a execução os autores fugiram e a PM informou que diligências para localizar os autores do crime.

 

Entenda

 

O policial militar cabo Rubim Lopes Monteiro, de 33 anos, morreu após ser atingido a tiros em Porto Nacional, na noite desta sexta-feira, 22, quando estaria na rua de sua casa, no setor Novo Horizonte. Conforme as informações da PM, o, estava de folga quando foi abordado por indivíduos que “o mataram de forma fria e brutal”.