Palmas, Tocantins -

Cidades


Em Palmas
21.446 visualizações

Tenente da PM morre após ser esfaqueado pelo enteado de 14 anos

O militar, que morava no Bertaville, foi socorrido ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos vindo à óbito no Hospital Geral de Palmas (HGP).
- Atualizada em
Reprodução

O 2º Tenente da Polícia Militar (PM) Cleone Silva Oliveira faleceu na noite desta sexta feira, 17, em Palmas.  O militar de 40 anos veio a óbito após ser esfaqueado pelo enteado, de 14 anos, durante possível discussão familiar, de acordo com a PM.
 

Conforme fontes ao T1, o adolescente teria atacado o padrasto após o mesmo ter sido agressivo com sua mãe. A Polícia Militar não confirmou essa informação. 

 

O militar, que morava no Bertaville, foi socorrido ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos vindo à óbito no Hospital Geral de Palmas (HGP).
 

O menor foi apreendido e conduzido para a 2ª CAPC (Central de Atendimento da Polícia Civil), onde foi lavrado o Auto de Apreensão em Flagrante por Ato Infracional. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

 

Investigação

 

Segundo a Polícia Civil, o caso em questão foi registrado na noite desta sexta-feira, 17, e instaurado inquérito. O suspeito é menor de idade e foi encaminhado para o Case - Centro de Atendimento Socioeducativo de Palmas. O inquérito será remetido na segunda-feira, 20, para a Delegacia Especializada da Criança e do Adolescente (DECA - Palmas)  para dar seguimento à investigação. 

 

Tenente Cleone

 

O tenente Cleone ingressou na Polícia Militar do Tocantins em 2001. Atualmente ele estava trabalhando no 6º Batalhão da PM em Taquaralto, na região sul de Palmas.

 

Notas de Pesar

 

Policial Militar:  A Instituição Policial Militar, com profundo pesar, informa o falecimento do 2º Ten QOA Cleone Silva Oliveira, 40 anos, nesta sexta-feira, 17, em Palmas-TO. O militar ingressou na PMTO em 01/02/2001 como aluno soldado e integrava o oficialato da Instituição desde o dia 21 de abril de 2019 após conclusão do Curso de Habilitação de Oficiais. Oficial dedicado em todas as suas atribuições, atualmente estava lotado no 6º Batalhão, onde exercia a função de Comandante de Policiamento da Unidade. O comandante-geral da PM, coronel Jaizon Veras Barbosa e a família policial militar do estado do Tocantins lamenta profundamente a perda do profissional e se solidariza com familiares e amigos.

 

Governador Mauro Carlesse: Nesse momento de dor e tristeza, rogo a nosso amado Deus que, por meio de seu Santo Espírito, console os corações de seus familiares, amigos e dos integrantes da Polícia Militar do Tocantins, que sente a morte repentina de um de seus bravos guerreiros.

 

Notícias sobre:

políciamilitar pm padastro enteado