Palmas, Tocantins -

Curtas


Curtas

Advogados inadimplentes

O TED (Tribunal de Ética e Disciplina) da OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) julga, no próximo dia 8 de dezembro, cerca de 100 processos de advogados inadimplentes que estão sujeitos a ter sua inscrição suspensa e, assim, ficarem impedidos de exercer a advocacia. As dívidas dessas pessoas somam R$ 585 mil. Todos esses advogados já foram notificados. Segundo a OAB quem quiser evitar a suspensão ainda pode aderir à Campanha de Regularização Financeira, que se encerra dia 29 de dezembro e oferece descontos em juros e multas que variam de 30% a 100%. Também há possibilidade de parcelamento da dívida em até 36 vezes.

Curtas

Leilão de imóveis frutos de execução Fiscal

Acontecerá no dia 12 de dezembro o leilão judicial de 29 imóveis comerciais e vagos, correspondentes aos débitos tributários de 16 ações de execução fiscal em trâmite na Comarca de Palmas. O valor dos imóveis a serem leiloados está estimado em mais de R$ 8 milhões. O leilão acontecerá a partir das 9 horas, no Salão do Tribunal do Júri, no Fórum de Palmas. Este é segundo leilão do gênero realizado na atual gestão. Historicamente, nenhum processo judicial havia sido levado à fase de leilão público antes do início desta gestão municipal. Em anos anteriores, o Tribunal de Contas do Estado havia apontado a ocorrência de prescrições de débitos fiscais no valor aproximado de R$ 14 milhões. “A mudança de atitude, tais como o desenquadramento de servidores em desvio de função e a realização de concurso público específico de Procurador, possibilitaram a mudança de panorama e o respeito ao interesse público”, aponta o prefeito Carlos Amastha.

Hospital do Câncer

Caminhada Passos que Salvam

O Hospital de Câncer de Barretos realiza no Parque Cesamar em Palmas, neste domingo, 26, às 8h, a caminhada Passos que Salvam. Todos os anos, durante o último domingo do mês de novembro, a ação é realizada. A escolha da data está relacionada à proximidade com o “Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil”, celebrado no dia 23 de Novembro. Em 2017, a previsão é de que cerca de 650 cidades, em 19 estados do país (neste ano, incluindo os estados do Maranhão, Roraima e Rio de Janeiro) se unam em favor dessa causa. Para obter mais informações e saber onde adquirir os kits em Palmas, entre em contato  com a coordenadora do Hospital de Câncer de Barretos em Palmas, Ana Paula Bichuette, através do número (63)99944-8420 ou  acesse facebook.com/PalmasParaVida.

Eleição

Novo presidente da CDL

Foi realizada ontem, 21, terça-feira, a eleição para a nova diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas (CDL), para o triênio 2018-2020.  Eleita a Chapa CDL Ativa, que tem como presidente Silvan Marcos Portillho, compondo a diretoria da CDL desde 2005, suas principais bandeiras é o fortalecimento das lojas, a retomada do crescimento econômico da Capital e a união dos empresários junto à entidade. Estavam aptos a votar os associados efetivos, associados contribuintes, diretoria, conselho consultivo e todos os adimplentes. O empresário tem 40 anos, é empresário em Palmas há mais de 18 anos. 

Loteria

Mega-Sena pode pagar 50 milhões nesta quarta

A Mega-Sena acumulada pode pagar hoje, 22, o prêmio de R$ 50 milhões ao apostador que acertar as seis dezenas. O concurso 1.990 será sorteado a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte, estacionado em Italva (RJ), na Avenida Herivelton Alves Marinho. Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega-Sena e aplique todo o valor em poupança, receberá mais de R$ 234 mil em rendimentos mensais, o equivalente a R$ 7,8 mil por dia. Se preferir, pode comprar 333 carros de luxo ou 100 apartamentos de R$ 500 mil. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em qualquer lotérica do país.

Palmas

Avenidas recapeadas ganham sinalização horizontal e vertical

Todas as vias recém-recapeadas de Palmas estão recebendo sinalização horizontal e vertical. Os trabalhos já estão em andamento e preveem a instalação de placas de advertência para pontos de travessia de pedestre, faixas de pedestre, faixas de rolamento, placas de velocidade, placas indicativa de preferência e informativa. Ao todo foram recuperados 52 km de vias com recapeamento feito em CBUQ, material mais resistente e com menos propensão à infiltração. Alguns dos trechos recapeados estão nas Avenidas Teotônio Segurado, NS-01, NS-02, NS-04, NS-05, LO-03, LO-12, LO-13, LO-15, etc.

Justiça

Parcelamento de custas judiciais

A Justiça regulamentou o parcelamento das custas judiciais previstas na lei nº 1.286/2001. A medida ainda estabelece as regras para deferimento parcial da gratuidade de Justiça. A regulamentação leva em consideração o direito fundamental de acesso à Justiça ao cidadão e o dever do Estado de prestar assistência jurídica integral e gratuita aos que comprovarem insuficiência de recursos. A partir da publicação, fica definido que o juiz poderá conceder o benefício de parcelamento das custas judiciais desde que a parte beneficiada comprove impossibilidade financeira para arcar com o valor integral da despesa processual em parcela única. O parcelamento das custas judiciais poderá ser feito em até oito vezes iguais, mensais e sucessivas, sujeitas à correção monetária a partir da segunda parcela. O valor mínimo de cada parcela é de R$ 100,00 e o primeiro pagamento deverá ser efetuado até 15 dias a contar da data da intimação da decisão judicial que conceder o benefício. A saber, o parcelamento em 2 vezes: valor pago igual ou superior a R$ 200. Em até 4 vezes: valor pago igual ou superior a R$ 600. Parcelamento em até 6 vezes: Valor pago igual ou superior a R$ 1.2 mil. Parcelamento em até 8 vezes: Valor pago igual ou superior a R$ 2 mil. Em relação à gratuidade de Justiça, de forma parcial, o juiz poderá deferir o pedido em relação a um ou mais atos processuais, observando o valor mínimo de R$ 100 a ser pago pela parte.

Em Palmas

Cerca de 20% estão indecisos sobre presentear no Natal

Boa parte dos palmenses ainda não decidiu se irá presentear neste Natal. A informação é do Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento, que foi às ruas ouvir a opinião dos consumidores sobre as compras natalinas de 2017. Cerca de 20% não tem certeza se irá presentear este ano. Embora alto, o número de indecisos caiu 19% se comparado ao resultado de 2016, quando 37,5% afirmavam não saber se iriam comprar presentes. Já o total dos entrevistados que não vão presentear subiu 36,2% em relação à 2016, ficando em 54,2%. Apenas 27,1% confirmaram que devem trocar presentes em dezembro. Este ano, a quantidade e o valor dos presentes também devem ser modestos. Mais de 60% dos entrevistados afirmaram que pensam em comprar entre 1 e 2 presentes e 32,1% disseram que pretendem gastar entre R$ 50,00 e R$ 100,00. O presente ideal, para 34,4% dos respondentes, são as peças de vestuário, seguidas dos brinquedos (25,8%) e calçados (21,2%). A preferência de 46,8% dos clientes é o comércio de rua e quase 70% espera pagar em dinheiro.

Em Araguatins

Senar capacita para manejo de hortaliças

Com o objetivo de capacitar o produtor e trabalhador rural com técnicas adequadas no manejo de hortaliças, visando o aumento da produção, da produtividade e da qualidade, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) realizou nesta semana o curso Trabalhador na Olericultura em Araguatins. A Olericultura é um dos ramos da horticultura que trata da produção e exploração de hortaliças, por exemplo, alface, cenoura, chuchu, repolho, tomate, couve, beterraba, dentre outros. Com o aumento da demanda por alimentos cada vez mais saudáveis, naturais e cultivados em sistemas de produção sustentáveis, as hortaliças têm ganhado espaço nas unidades familiares, principalmente. Para o instrutor Jeferson, muitos produtores e trabalhadores rurais gastam uma parte de sua renda na compra de alimentos para sua famílias, por isso justifica-se a implementação de hortas para produção de alimentos frescos e ricos em nutrientes. A produção destina-se ao consumo próprio e também a geração de excedente para comercialização possibilitando a redução da desnutrição, aumento da geração de trabalho, a ampliação de renda e a inclusão social.