Palmas, Tocantins -
Redação

Redação


Colunista do editorial Curtas

Fábrica de blocos na prisão

- Atualizada em

Com o objetivo de proporcionar condições para integração social dos reeducandos do Sistema Prisional Penitenciário, através da educação e do trabalho, a Seciju irá inaugurar nesta sexta-feira, 9, às 9 horas, uma Fábrica de Blocos e Artefatos de Concreto para os reeducandos do regime semiaberto e egressos. A fábrica fica no Centro de Formação e Produção do Trabalho Prisional, onde funciona também o Núcleo de Apoio ao Egresso, em Palmas. Nessa fábrica, os reeducandos do Sistema Prisional e os egressos participam de curso teórico e prático, são certificados, e saem prontos para o mercado de trabalho, inclusive com encaminhamentos. A primeira turma iniciou as aulas no último dia 5, ministradas das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas e contam com a participação de 20 reeducandos.