Palmas, Tocantins -
Redação

Redação


Colunista do editorial Curtas

Saúde mental dos jornalistas é discutida em roda de conversa realizada na Acipa

- Atualizada em
O evento aconteceu na noite desta quinta-feira, 07 Divulgação

O Sindicato dos Jornalistas do Estado do Tocantins (Sindjor-TO), em parceria com Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) e com o Grupo de Pesquisa Trabalho e Emancipação, realizou uma roda de conversa com o tema "Como está a saúde dos Jornalistas?", uma proposta idealizada pelo estudo da psicóloga Jordanna de Sousa Parreira, que está cursando o mestrado em comunicação e sociedade pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), com a participação da psicóloga, professora e orientadora, Lilian Deisy Ghizoni. O evento aconteceu na noite desta quinta-feira, 07, na Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa). Após a roda de conversa, os profissionais podem se voluntariar para participar de, aproximadamente, 12 encontros, dentro da proposta da escuta clínica. A ideia é, de forma ética e organizada, aprofundar a discussão sobre o assunto direcionado a categoria. Os estudos vão se transformar posteriormente em uma dissertação que ficará disponível para que todos possam identificar onde estão os maiores problemas e como buscar soluções. A presidente do Sindjor-TO, Alessandra Bacelar, destacou a parceria do Sindicato com as profissionais do estudo. “Nós ficamos imensamente empolgados e felizes por alguém pensar na nossa qualidade de vida e em como poder ajudar os profissionais da área. O papel do sindicato é justamente esse, apoiar ações que visam a melhoria da qualidade tanto de vida quanto do trabalho dos jornalistas”, ressaltou. A Roda de Conversa e os encontros da Escuta Clínica do Trabalho contam também com o apoio e parceria da Acipa.