Palmas, Tocantins -
Deputada Luana Ribeiro

Deputada Luana Ribeiro

dep.luana.ribeiro@al.to.leg.br

8 de março

Dia da  Mulher: a palavra é respeito

- Atualizada em

Neste dia 8 de março, além das homenagens, flores e bombons, o que nós mulheres queremos é respeito. Porque tudo começa pelo respeito. É por meio dele que há o reconhecimento, a aceitação, a apreciação e a valorização das qualidades do próximo e de seus direitos. Em outras palavras, o respeito é o reconhecimento do valor próprio e dos direitos dos indivíduos e da sociedade.

 

Do latim “respectus” que significa “atenção” ou “consideração”, respeito inclui cuidado, acolhimento e deferência. Neste dia dedicado a nós,  quando já estamos exaustas de lutar contra a violência às mulheres, que infelizmente ainda mata muitas no Brasil e no Tocantins; os estupros; e  a discriminação das mulheres em espaços de poder, é urgente colocar o respeito como prioridade nesta luta.

 

O respeito permite que a sociedade viva em paz, numa convivência saudável, assentada em consideração, solicitude e civilidade. Significa a reconhecer em si e nos demais os direitos e as obrigações. Em contrapartida, a falta de respeito gera violência, conflitos, desconforto e confrontos.

 

Um marido que respeita sua esposa não a violenta. Muito menos, um ex-companheiro. Um chefe que respeite sua subordinada ou mesmo sua colega de trabalho, não comete assédio sexual. Homens que respeitam as mulheres não as assediam nas ruas, nas festas, no transporte público.

 

O respeito valoriza a individualidade e permite que cada um cresça no seu próprio tempo, com suas diferenças. E como ele pode ser demonstrado? No tom de voz, na maneira de tratar o próximo, na comunicação não agressiva, em saber que todos somos humanos e que estamos aqui neste mesmo ambiente para aprender e aprimorar.

 

É papel de todos prevenir, destacando a criminalização da violência contra a mulher, informando seus direitos e encorajando as vítimas a denunciarem os agressores. Assim haverá a mobilização da polícia, do sistema judiciário e efetivamente a proteção das mulheres e de seus direitos. A cultura do respeito às mulheres depende de todos nós. Sabemos que muito ainda pode ser conquistado e lutaremos juntas por isso, mas, até lá, minha homenagem às mulheres que não se deixam abater pelas adversidades, que seguem firmes e fortes no seu propósito, que são guerreiras e não fogem à luta! Feliz Dia das Mulheres.