Palmas, Tocantins -

Em Debate

WITER NAVES

WITER NAVES

367@teste.com


Em Debate
1.864 visualizações

O PT dos 34 anos

Em artigo, Witer Fonseca fala sobre o PT e sobre a sucessão...
- Atualizada em

Acordei muito cedo hoje, como é o de sempre, liguei a TV para assistir aos noticiários locais e nacionais e me deparei com a notícia que vão pedir para investigar novamente o caso RIO CENTRO; logo depois me conectei as nuvens e li os noticiários do site de notícias de minha amiga Roberta Tum sobre as mudanças no paço municipal.

Comecei a pensar na minha vida política imediatamente e me veio coisas tão separadas, tão distintas umas das outras e aí fui me dando conta que nada disso existe mais!

Quando criança minha mãe me levou a Praça Cívica segurado por sua mão maternal para assistir ao comício das DIRETAS JÁ, na busca por um País Democrático e Livre do arguir da Ditadura Militar. Anos depois minha Tia Mara, uma militante de esquerda daquela época em que ser de esquerda era mais que subversiva, e hoje porém, infelizmente toldada pelo obscurantismo do discurso revolucionário reformista do que restou dos que se dizem intelectuais da esquerda brasileira não consegue enxergar o que vem acontecendo, me deu um livro sobre como se organizou a esquerda no Brasil desde da formação do PCB até a “redemocratização do Brasil”, onde lá tudo era SEPARADO.

Aí comecei a pensar, que desde outubro de 2011 foi sancionado a lei da COMISSÃO DA VERDADE, pela presidente Dilma Rousseff, da qual se busca trazer a tona as verdades sobre um dos períodos de maior claustro desse país, onde segredos políticos poderão ou deverão ser colocadas as claras, junto deles segredos de Estado e segredos de interesses escusos e personificados em determinados grupos ou indivíduos.

Somado a esse pensamento começou a borbulhar em minha mente o que me restou de meu tempo de militância petista, pois ainda sou filiado ao PARTIDO DOS TRABALHADORES ( sendo que minha filiação é de 01 DE JULHO DE 1989. E para provar a qualquer leitor deste artigo, pode ir ao cartório eleitoral de Palmas e buscar minha filiação: titulo de eleitor nº 0333.9651.2755 zona 029 seção 0153) e percebi que hoje está tudo JUNTO e AO MESMO TEMPO MISTURADO.

O Livro que falei que minha tia me deu para ler quando ainda tinha 15 anos explicava que a Extrema Direita em nosso país se chamava ARENA na época da Ditadura Militar, 1º de abril de 1964 até 15 de março de 1985 e a esquerda estava fragmentada por inúmeros grupos políticos e por uns poucos partidos de esquerda que estavam na clandestinidade e sendo perseguidos por aqueles que estavam no PODER POLÍTICO DE NOSSO PAÍS, A CHAMADA ARENA.

É exatamente no final desse período, há 34 ANOS, que foi fundado o PARTIDO DOS TRABALHADORES, que fez aniversário há poucos dias atrás com festas regada a líderes que hoje estão NO PODER POLÍTICO DE NOSSO PAÍS.

Naquele tempo a fundação do PT foi marco decisivo para que os esperançosos por um País melhor pudessem ser ouvido ou que pudessem ajudar a mudar nosso país e nossos entes federados, Estados e Municípios através do viés político, pois era o entendimento mais plausível para o país que já se mostrava tendenciosamente a busca de uma redemocratização.

Nessa linha de raciocínio a minha cabeça já estava um burburinho, porque tudo está misturado, aquela extrema DIREITA a ARENA que hoje é PP(Partido Progressista), no qual tem a figura mais expressiva o Ex-Governador de São Paulo e atual Deputado Federal Paulo Maluf e em nosso Estado o Deputado Federal Lázaro Botelho e o atual Prefeito de Palmas, Carlos Amastha está junto deles o PARTIDO DOS TRABALHADORES, aquilo que a 34 ANOS foi “aludido” de ESQUERDA, PARTIDO CLASSISTA, DISTINTO, que se separava do que era para se acreditar o mais vil para esse país, a extrema direita, DENOTADA HIPOCRITAMENTE ASSIM PELA COMISSÃO DA VERDADE CRIADA PELA PRESIDENTE DILMA.

Ao ler a matéria sobre a reforma do Paço Municipal fiquei perplexo com a Profissional que assumiu a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, que é COTA do PT, coincidência ou não, o Partido que Governa nosso país também sancionou a LEI DE COTAS, para resgatar uma dívida histórica com os menos favorecidos de nosso país, pois a secretária empossada foi a que tudo parece forjada no movimento estudantil, na Reforma Urbana e também na militância petista que sempre desejou aquilo que algum dia foi desejo sinequanon do Partido dos Trabalhadores e que agora terá que responder aos questionamentos de sua própria academia, pois também é professora do Curso de Arquitetura da Universidade Federal do Tocantins.

São com todas essas ESTRELAS, acadêmicas e políticas que ela terá o desafio de se manter no poder público, onde todos já não se distinguem mais sim se regozijam no banquete do bel prazer da política do nada, do vazio, da falta de identidade ideológica e programática, resultado do aprisionamento ao poder.


 

Witer Fonseca Naves é Cidadão Palmense desde de 1995. É formado em Geografia e foi Chefe de Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Palmas no Governo Petista nos anos de 2005 a 2007

Notícias sobre:

o pt 34 anos

Outras Notícias