Palmas, Tocantins -

Em Debate

Marimar Aiala

Marimar Aiala

marimar.aiala@gmail.com


Falsos Profetas
437 visualizações

Os vendilhões do templo andam a jato

O que está escrito abaixo, é direcionado aos desonestos e falsos profetas da atualidade, que possuem seus negócios lucrativos considerados como "sagrados" pelo Estado, que deveria ser laico.
- Atualizada em
Descrição: Imagem ilustrativa. Reprodução/Web

O que vamos escrever abaixo, só serve e só é direcionado aos desonestos e aos falsos profetas da atualidade. Aquele líder religioso, que se sentir ofendido, é porque coaduna com as práticas nefastas e apocalípticas desses inescrupulosos vendilhões do templo. Esse artigo tem a única intenção de “despertar àqueles que dormem” na enganação desses espertalhões mercenários, como advertiu o apóstolo Paulo, em sua carta aos Efésios, capítulo 5.

 

Os falsos profetas, vendilhões do templo, preditos por Jesus, nos evangelhos de Mateus (Cap.21), Marcos (Cap.11), Lucas (Cap.19) e João (Cap.2) estão cada vez mais ricos e poderosos, no comércio rentável, dos ensinamentos de Jesus, que de tão pobre, não tinha, onde, se quer, reclinar a sua cabeça, como ele mesmo afirmou em Mateus, Cap. 8.

 

Ao contrário, aqueles que se dizem prepostos do Cristo na Terra, que se autodenominam os representantes do Senhor na sociedade, em sua esmagadora maioria, briga pela posse do maior número de templos e adeptos porque significam dinheiro, muito dinheiro fixo de dízimo, ofertas e de outros amuletos vendidos como “sagrados”.

 

Igual aos falsos profetas, descritos pelo Cristo de Deus, eles operam maravilhas, fazem o que chamam de milagres (muitos deles são verdadeiros embutes) que revelam a falta de caráter de quem o faz. O pior, o que mais me preocupa, é ver o crescimento do número de fiéis e do patrimônio desses inescrupulosos vendilhões do templo. Nisso também, Jesus assegurou: “os falsos profetas enganarão até os eleitos”, vide, Marcos (Cap.13) e Mateus (Cap.24).

 

E eles estão cada vez mais ricos e poderosos. Seus negócios lucrativos não sofrem qualquer taxação tributária porque são considerados como “sagrados” pelo Estado, que deveria ser laico.

 

Os políticos desonestos e esses líderes religiosos, se locupletam, cada qual no seu interesse e projeto de poder, votos e riqueza fácil. Eles são muitos, centenas de lobos vorazes travestidos de cordeiros do Senhor. Vou destacar aqui, a prova mais recente, noticiada pela imprensa nacional.

 

Com cara de cowboy americano e esperteza de Alcapone, o pastor Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, apesar de possuir uma frota de seis aeronaves, acaba de comprar um avião a jato, Falcon, da empresa Dassault Aircraft, no Estado de Arkansas (EUA), produzido na França, no valor de US$ 59,3 milhões de dólares. Uma bagatela de $R 300 milhões de reais, vindos dos dízimos, ofertas, e outros tipos de explorações, como por exemplo, vender semente de feijão branco que cura o coronavírus (kkkk). Por isso, está sendo processado pelo MPE-SP.

 

Igual ao pastor Valdemiro, existem dezenas de outros vendilhões que movimentam diariamente milhões em dinheiro e em fiéis, construindo patrimônios com aeronaves modernas, fazendas luxuosas, carros caríssimos, emissoras de Tv, rádio, templos suntuosos que não combinam com a simplicidade de Jesus que nos assegurou: “O reino de Deus está dentro de vós” (Lucas, Cap.17). “Sereis reconhecidos como meus discípulos, se vos amarem uns aos outros como eu vos amei” (João, Cap.13). Na briga entre eles, Jesus não se encontra porque já também garantiu: “Não vos conheço, afastai-vos de mim, todos vós que praticais a iniquidade, já receberam o seu galardão” (Mateus, Cap.7).

 

A fé não pode ser cega, porque “o que não enxerga não sabe de onde vem e nem para onde vai e ambos caem no fosso escuro porque são cegos conduzindo outros cegos”, como afirmou Jesus, em Mateus, Cap.15. Corroborando com o Cristo, o cientista francês, Hipollyte Léon Denizard Rivail, depois de receber 1019 respostas dos Espíritos Superiores, publicadas em O Livro dos Espíritos assegura: “fé inabalável só o é aquela que pode encarar a razão frente a frente em qualquer época da humanidade”.


Pensemos com a razão e teremos a verdadeira convicção de que Deus é Amor e não faz distinção entre pessoas, não castiga, dando a cada um segundo as suas obras e graus de entendimento do Seu Evangelho de Amor, Justiça e Redenção. Ele não contém pedágios, taxas, amuletos porque é Espírito e assim deve ser compreendido. Deus está à disposição de todos, gratuitamente, dentro de si próprios, só nos pede que amemos a Ele e ao próximo, como a nós mesmos, como Ele nos amou. Pense nisso!

 

Marimar Aiala é jornalista profissional, publicitária, gestora pública, mãe da Jordana, apaixonada pelo Tocantins e pela Verdade que só pode ser alcançada através da fé raciocinada. 

Outras Notícias