Palmas, Tocantins -

Estado


Alerta
7.036 visualizações

Alemão é monitorado em hospital de Porto por suspeita de infecção pelo Coronavírus

Suspeita de infecção pelo coronavírus (2019-nCoV) recai sobre um cidadão alemão de 33 anos, que chegou ao Tocantins, vindo de São Paulo, nessa sexta-feira (31), após ter saído de Frankfurt
- Atualizada em
Divulgação

No intuito de tranquilizar a população, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Tocantins, por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), informa que está monitorando um “possível” caso suspeito do Coronavírus no Tocantins.

 

A suspeita de infecção pelo coronavírus (2019-nCoV) recai sobre um cidadão alemão de 33 anos, que chegou ao Tocantins, vindo de São Paulo, nessa sexta-feira (31), após ter saído de Frankfurt.

 

A SES esclarece que o monitoramento do paciente está sendo feito no Hospital Regional de Porto Nacional, de acordo com os protocolos do Plano Estadual de Contingência elaborado, com base nas diretrizes nacionais e internacionais, especificamente desenvolvidas para o enfrentamento dos possíveis casos suspeitos do Coronavírus no Tocantins.

 

De acordo com o histórico do paciente, ele teria entrado em contato com asiáticos durante a viagem e teria se sentido mal nessa sexta-feira. Ele foi atendido no Hospital Regional de Porto Nacional com um quadro de síndrome respiratória. A equipe do CIEVS está investigando o histórico do paciente e caso necessário ele será transferido para o HGP onde ficará isolado e atendido de acordo com o Plano Estadual de Contingência.

 

A SES informa ainda que desde o alerta emitido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) o Tocantins desenvolveu o Plano Estadual de Contingência e está preparado para investigar possíveis casos do novo Coronavírus no Estado.

 

Casos

 

O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira, 31, que o número de casos considerados suspeitos de coronavírus subiu para 12 no Brasil. Com o caso do Tocantins, sobe para 13. Nas últimas 24 horas, houve um aumento de seis novos casos em investigação, enquanto outras três suspeitas foram completamente descartadas.

 

Os casos suspeitos estão em cinco estados: Ceará (1), Paraná (1), Rio Grande do Sul (2), Santa Catarina (1) e São Paulo (7). Os casos suspeitos no Rio de Janeiro e Minas Gerais, que constavam no último relatório, foram descartados pelas autoridades de saúde.

 

 

 

 

Em todo o mundo, já são mais de 9,9 mil pessoas infectadas pelo coronavírus, sendo que 99% dos casos confirmados estão na China. Do total de casos da doença, 1,3 mil são considerados graves. O número de mortes já passa de 200, apenas na China. De acordo com o Centro de Controle de Doenças da China, o coronavírus já foi detectado em 26 países.