Palmas, Tocantins -
Visita institucional

Ao governador, BRK anuncia investimento de R$ 1,8 bi nos 47 municípios onde atua

Empresa espera até a metade da próxima década, chegar à marca de 80% da população destes municípios atendidas com rede de esgoto.
- Atualizada em
Carlesse recebe presidente da concessionária. Washington Luiz/Governo do Tocantins

A presidente da BRK Ambiental, Teresa Vernaglia, e o diretor da BRK Tocantins, Thadeu Pinto, reuniram com o governador Mauro Carlesse (DEM) e apresentaram os investimentos que a concessionária dos serviços de água e esgoto tem efetuado no Estado. De acordo com a presidente da empresa, até 2025, a BRK irá investir cerca R$ 1,8 bi nos 47 municípios em que detém a concessão da prestação de serviço. O encontro foi na manhã desta quarta-feira, 11.

 

A empresa espera até a metade da próxima década, chegar à marca de 80% da população destes municípios atendidas com rede de esgoto. Ainda segundo a presidente da BRK, atualmente 99% da população dentro da área de concessão da empresa já recebe água tratada.

 

O governador Mauro Carlesse afirmou que o interesse do Governo é ver esses investimentos serem revertidos em benefício para a população, seja na melhoria da qualidade de vida, com água de boa qualidade e uma rede de coleta de esgoto eficiente e ambientalmente sustentável, como na geração de empregos para os trabalhadores locais na execução dessas obras. “Queremos fazer o Estado crescer e melhorar a vida das pessoas. A população merece uma água de qualidade, com preço acessível e para isso o Governo estará sempre aberto para ouvir as demandas e buscar as soluções”, afirmou o Governador.

 

 

ETE Lontra

 

Ainda sobre os investimentos da BRK no Estado, a presidente Teresa Vernaglia informou ao Governador que já está prevista a construção de uma nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), em Araguaína, denominada ETE Lontra, que utilizará tecnologia de ponta, com menor utilização de área, de água e que devolve a água à natureza com melhor qualidade. A previsão da empresa é que a obra esteja pronta até 2021.

 

 

Presentes

 

Também participaram da reunião, o secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal, a presidente da Agencia Tocantinense de Regulação, Juliana Matos, o presidente da Agencia Tocantinense de Saneamento, Romis Silva, e o presidente do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Sebastião Albuquerque.