Palmas, Tocantins -
Serviço de Verificação de Óbitos

Após atrasos na emissão de laudos de necropsia, Sesau diz que serviço foi normalizado

Secretaria esclareceu que a demora na entrega dos resultados dos exames anatomopatológicos das necropsias realizadas no SVO se deu por problemas técnicos do laboratório responsável pela análise
- Atualizada em
Entrega de laudos do SVO é normalizado Foto: Valdo França

Após familiares entrarem em contato com o Portal T1 Notícias para reclamar da demora da emissão de laudos pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO) em Palmas, na tarde da última terça-feira, 18, a Sesau informou que o serviço já foi restabelecido e que o tempo de espera para emissão do documento é de 15 a 20 dias.

 

Procurado pelo marido de uma jovem que faleceu no início deste ano ao procurar um hospital particular de Palmas com suspeita de infecção urinária, o T1 Notícias foi informado de que o SVO não estaria emitindo os laudos de necropsias desde janeiro deste ano.

 

No dia 30 de março, a Secretária de Saúde, por meio de nota encaminhada pela assessoria de comunicação ao T1, esclareceu que as providências estavam sendo tomadas para garantir que o laboratório responsável pelos resultados dos exames anatomopatológicos das necropsias realizadas pelo SVO cumprisse os prazos contratuais da entrega de resultados para fechamento de laudos que esclarecem causa de morte.

 

Na ocasião, a Sesau ressaltou que “o fechamento de alguns laudos também dependem de exames enviados ao Instituto Evandro Chagas, que recebe grande demanda, já que é referência para todo o Brasil”. 

 

A Secretaria esclareceu que houve demora na entrega dos resultados devido a problemas técnicos do laboratório responsável pela análise dos exames.

 

 

Confira a nota na íntegra:

 

Secretaria de Estado da Saúde

Nota de Esclarecimento

A Secretaria de Estado da Saúde informa que os exames anatomopatológicos das necropsias realizadas pelo Serviço de Verificação de Óbitos estão normalizados e o tempo de espera para emissão é de 15 a 20 dias.

 

A Secretaria esclarece que houve demora na entrega dos resultados devido a problemas técnicos do laboratório responsável pela análise dos exames.