Palmas, Tocantins -
Desembargador aposentado

Autoridades emitem nota de pesar pelo falecimento de José Maria das Neves

José Maria das Neves faleceu na noite de ontem, 22, em Brasília, onde estava em tratamento de saúde.
- Atualizada em
José Maria das Neves Divulgação

Autoridades e instituições do Tocantins emitiram notas de pesar pelo falecimento do desembargador aposentado José Maria das Neves, ocorrido na noite de ontem, 22, em Brasília. O Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ-TO), onde José Maria se aposentou em 2010 como desembargador, foi uma das primeiras instituições a lamentar sua morte. "Neste momento de grande tristeza, o Tribunal externa seu pesar e roga a Deus conforto aos corações dos familiares e amigos” disse em nota.

 

Notas de Pesar

 

Governador Mauro Carlessse:  Recebi com tristeza a informação do falecimento do desembargador aposentado José Maria das Neves, ocorrido nesta terça-feira, 22. Membro histórico do Tribunal de Justiça do Tocantins, o desembargador José Maria das Neves deixa um legado exemplar e ensinamentos jurídicos que serão seguidos por gerações. Neste momento de extrema consternação, rogo a Deus em minhas orações que conforte os corações dos familiares e amigos.

 

Cinthia Ribeiro, prefeita de Palmas: “O Tocantins se entristece com a perda de uma das personalidades mais ilustres do Poder Judiciário, o desembargador aposentado Dr. José Maria das Neves. A imagem que tenho do Dr. José Maria é a de um homem ponderado que aplicava a filosofia do Direito com todo rigor ético e julgava com firmeza, serenidade e sabedoria. Tenho certeza que sua lealdade à lei ficará como um grande legado ao próprio Tribunal de Justiça (TJ), nas pessoas que o sucederam seja na magistratura ou no quadro funcional daquele poder, junto aos operadores do Direito e de toda a classe jurídica do Estado. Desembargador pioneiro, Dr. José Maria da Neves será reconhecido pela história pela sua visão de futuro e a forma arrojada com que dirigiu tanto o TJ quanto o Tribunal Regional Eleitoral (TER), dotando-os de tecnologia quando esse assunto ainda era incipiente no Estado em criação. Nesse momento de dor e consternação pública, invoco a Deus para que o acolha e console seus familiares e amigos por tão triste perda”.

 

Vice-governador do Tocantins Wanderlei Barbosa: Lamento profundamente o falecimento, aos 79 anos, do desembargador aposentado José Maria das Neves ocorrido nesta terça-feira, 22, em Brasília.   Pioneiro do Estado, o Desembargador foi o primeiro Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins, deixa seu exemplo de homem público, com sua vida dedicada à magistratura e à Justiça. Estendemos à família e amigos nossos votos de pesar. Que Deus conforte e dê forças neste momento tão doloroso.

 

Deputado federal Vicentinho Júnior e família: “Manifesto o nosso profundo pesar pelo falecimento do desembargador José Maria das Neves. Pioneiro no Tocantins, o jurista se notabilizou pela competência, seriedade e ética profissional, deixando um legado de relevantes serviços prestados. Lamentamos o ocorrido e nos solidarizamos com os filhos, familiares e amigos.”

 

Walter Nunes Viana Junior, superintendente do Procon Tocantins: “É com profunda tristeza que recebemos a notícia do falecimento do Desembargador aposentado, José Maria das Neves, ocorrido na tarde desta terça feira,22, em Brasília. Jurista honrado nos deixa um legado de referência em todas as atividades exercidas em favor da consolidação da justiça no Estado do Tocantins. Nesse momento de dor me solidarizo com a família rogando a Deus que conforte o coração de todos”.

 

AUDIFISCO e SINDARE: A Associação dos Auditores Fiscais do Estado do Tocantins - AUDIFISCO e o Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins - SINDARE, por seu presidente e demais filiados, lamentam o falecimento do desembargador aposentado Dr. José Maria das Neves, que deixa um legado de serviços prestados ao judiciário e ao estado do Tocantins, como um todo, externam votos de conforto, resignação e solidariedade a toda os familiares e amigos.  Que Deus Pai em sua infinita bondade o receba na morada eterna!.

 

Associação Tocantinense do Ministério Público do Tocantins: É com profundo sentimento de pesar que a Associação Tocantinense do Ministério Público se solidariza com o promotor de Justiça Adriano Neves, pelo falecimento de seu pai, o desembargador aposentado José Maria das Neves. Ele faleceu em decorrência de uma embolia pulmonar, nesta terça-feira, 22, em Brasília. Mineiro de Tupaciguara, José Maria das Neves iniciou sua carreira como juiz na Comarca de Paranã, em 1981, quando o município ainda pertencia ao estado de Goiás. Foi nomeado desembargador do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) em 1989. Ele também foi presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE/TO), Corregedor-Geral de Justiça e Vice-Presidente/Corregedor do TRE-TO. De 1993 a 1995, José Maria esteve a frente da Presidência do TJTO. O velório será realizado nesta quarta-feira, 23, no Tribunal de Justiça.

 

Deputada Federal Dulce Miranda:  Lamentamos o falecimento do desembargador José Maria das Neves, ocorrido nesta terça-feira, 22.  José Maria tornou-se um baluarte protetor da Carta Magna da Constituição Brasileira, dentro do Tocantins. Suas ideias e inovações, ainda nos idos de 1993 contribuíram de formas relevantes para os avanços da justiça tocantinense da atualidade. Pelo desbravamento e serviços prestados ao Estado, rendemos a nossa homenagem  a esse grande jurista, e  pedimos a Deus o acolhimento necessário ao seu espírito, rogando ainda àqueles que ficaram,  bençãos infinitas neste momento de dor e perda irreparáveis.

 

Deputado Estadual Valdemar Júnior:  Manifesto meus sentimentos de pesar pelo falecimento do desembargador José Maria das Neves. A magistratura tocantinense muito deve ao trabalho deste homem, que veio do estado Goiás, com divisão e criação do Tocantins, quando ainda era juiz de direito, optando pelo Tocantins para prestar seus relevantes serviços no Tribunal de Justiça e Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO). José Maria deixa uma contribuição imensurável para o poder judiciário tocantinense, destacando-se pela implantação da informatização dos processos judiciais no âmbito do judiciário, colaborando assim, para o fortalecimento da magistratura no Estado, dentre tantos outros benefícios. Neste momento de dor e consternação, solidarizo-me aos seus familiares e amigos. Descanse em paz, José Maria das Neves.

 

Procurador-Geral do Estado Nivair Vieira Borges:  A Procuradoria Geral do Estado do Tocantins manifesta seu profundo pesar, ao passo que se solidariza com toda a família e amigos do desembargador José Maria das Neves, pioneiro do Judiciário do Tocantins, falecido nesta terça-feira, 22/10/2019, em Brasília(DF). Integrante da mais alta corte da justiça estadual, desde 1989, prestou relevantes serviços e manteve sempre relações cordiais e respeitosas com todos os integrantes do quadro da PGE/TO. Nos juntamos aos filhos Paulo César, juiz e diretor do Foro da Comarca de Goiânia; Adriano das Neves, promotor de Justiça no Tocantins; Marcelo das Neves, advogado; Ana Carolina, advogada; e Victor Otávio, engenheiro mecânico neste momento de dor e despedida.

 

Defesoria Pública do Estado: Em profundo respeito ao desembargador aposentado José Maria das Neves, que faleceu nesta terça-feira, 22, a Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) vem a público externar o seu pesar ao receber a notícia sobre o falecimento, ocorrido em Brasília (DF), conforme informações do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJTO). José Maria das Neves ingressou na Magistratura em 1981. No judiciário tocantinense, presidiu o TJTO e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO); também ocupou o cargo de corregedor-geral da Justiça e vice-presidente e corregedor da Corte Eleitoral no Estado. A Defensoria Pública presta condolências e a sua solidariedade para com amigos e familiares do Desembargador. 

 

Casa Civil do Estado:  Pai de família exemplar e homem íntegro, compôs a magistratura goiana em 1981, em Paranã, desempenhando ainda suas funções nas comarcas de Araguatins, Araguaína, Xambioá e Filadélfia, chegando a Desembargador em 1989, a Presidente do Tribunal de Justiça em 1993 e a Presidente do Tribunal Regional Eleitoral, por três vezes, em 1989, 1997 e 2003. Especialmente, no Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, em exímia trajetória, ressentiu de saudades os colegas servidores públicos quando de sua aposentadoria no ano de 2010. Agora, neste momento de profundo pesar, acomete de ausência familiares e amigos, aos quais estendemos nossas sinceras condolências.

 

Presidente do Sebrae Tocantins Rogério Ramos: É com imenso pesar que recebemos a notícia do falecimento do desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Estado Do Tocantins (TJ-TO), José Maria das Neves. Homem de grandes feitos na magistratura e pioneiro do judiciário tocantinense, deixa entre os vários legados, a inovação e modernização por meio da informatização dos processos no TJ-TO, iniciada em sob sua gestão. Rogamos à Deus para que familiares e amigos sejam confortados neste momento de dor.

 

Ministério Público do Estado: É com respeito e profundo sentimento de pesar que membros e servidores do Ministério Público do Tocantins se solidarizam com os familiares do desembargador aposentado José Maria das Neves, que faleceu nesta terça-feira, 22, em Brasília, em decorrência de embolia pulmonar. Pai do promotor de Justiça Adriano Neves e sogro da servidora Patrícia Grimm, José Maria das Neves era natural de Tupaciguara (MG). Iniciou sua carreira na magistratura em 1981, em Goiás, quando foi nomeado Juiz na Comarca de Paranã. Em 1989 foi nomeado desembargador do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO). Também foi presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE/TO), Corregedor-Geral de Justiça e Vice-Presidente/Corregedor do TRE-TO. No período de 1993 a 1995, José Maria assumiu a presidência do TJTO.