Palmas, Tocantins -

Estado


Transferencia
416 visualizações

Cabo acusado de tentar fraudar concurso no Pará é transferido para Araguaína

O Cabo da PM, Tonny Duarte, preso em Marabá (PA) acusado de chefiar uma quadrilha especializada em fraudar concurso público já está em Araguaina.
- Atualizada em

O Cabo da Polícia Militar, Tonny Duarte, preso domingo, 19, em Marabá (PA) acusado de chefiar uma quadrilha especializada em fraudar concursos públicos, foi transferido na segunda-feira, 20, para o 2º Batalhão da Polícia Militar em Araguaína, onde ficará preso.

 

De acordo com o Quartel do Comando Geral da PM, o caso é investigado pela justiça comum, mas foi instaurado um Conselho de Disciplina que poderá resultar na exclusão do militar das fileiras da Corporação.

 

Tonny Duarte foi detido quando saia da escola Martinho Mota Silveira, após acabar a prova. Por mensagem de celular, ele passaria o gabarito para os outros dois envolvidos. Com o militar foi apreendido celular, uma arma e a ficha de inscrição.

 

De acordo com o delegado Rogério Moraes, da Divisão de Investigação e Operações Especiais (Dioe), que esteve a frente das investigações e da prisão da quadrilha acusada de tentar fraudar o certame, Tonny Duarte estava inscrito no concurso e cobrava R$ 10 mil, por pessoa, para repassar as respostas das provas.

 

(Com informações do Diário do Pará)