Palmas, Tocantins -
Nomeações no governo
6.868 visualizações

Carlesse nomeia dezenas de servidores a cargos de direção e gerência em várias pastas

Na Controladoria do Gasto Público e Transparência foram nomeadas 26 pessoas para os cargos de assessor especial, supervisor, superintendente e gerente
- Atualizada em
Governador Mauro Carlesse nomeia novos membros de sua equipe Divulgação

O governador Mauro Carlesse (PHS) publicou no Diário Oficial do Estado de ontem, 9, dezenas de nomeações de servidores para cargos comissionados. Na Controladoria do Gasto Público e Transparência foram nomeadas 26 pessoas para os cargos de assessor especial, supervisor, superintendente e gerente.

 

Também foram nomeados dezenas de servidores em cargos de gestão, como gerentes e diretores, na Procuradoria-Geral do Estado, na Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins, na Secretaria da Administração, na Agência Tocantinense de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos, na Fundação Radiodifusão Educativa do Estado do Tocantins – REDESAT, na Agência Tocantinense de Saneamento, na Casa Civil, no Banco do Empreendedor, na Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, no Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins – RURALTINS e na Casa Militar.

 

Outras várias nomeações são no Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, no Departamento Estadual de Trânsito, na Secretaria de Cidadania e Justiça, Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins – IGEPREV, na Secretaria das Cidades e Infraestrutura, na Secretaria da Comunicação Social, no Instituto de Terras do Estado do Tocantins, na Secretaria da Fazenda e Planejamento, na Secretaria das Cidades e Infraestrutura, no Instituto Natureza do Tocantins, na Secretaria da Segurança Pública, na Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, na Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, na Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, na Secretaria-Geral de Governo, e na Polícia Militar do Tocantins.

 

Na última terça, 8, o governo do Estado revogou, mais 557 demissões de servidores que atuam nos hospitais públicos do Tocantins por meio de Termos de Compromisso de Serviço Público de Caráter Temporário. O secretário de Estado da Administração, Edson Cabral, excluiu, do ato de exclusão dos contratos, publicado em 1º de janeiro os nomes dos profissionais, restaurando seus respectivos cargos.

 

As recontratações ocorreram após reclamações e denúncias da população sobre a falta de atendimento e de médicos nos hospitais do Estado, ocasionadas desde a exoneração de 15 mil servidores, entre eles 629 médicos. Entre as recontratações estão assistentes de serviços de saúde, porteiros, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos, médicos, auxiliares de limpeza hospitalar, técnicos em enfermagem, assistentes sociais, médicos pediatras e outros.

 

O Estado também revogou, no mesmo dia, mais de 250 demissões de servidores dos Sistemas Prisional e Socioeducativo, na Secretaria de Cidadania e Justiça.