Palmas, Tocantins -

Estado


Comitê de Crise
241 visualizações

Carlesse reforça união com gestores para acelerar vacinação e MS liberar mais vacinas

Na reunião do Comitê de Crise, a ATM e Uvet se comprometeram a mobilizar gestores e lideranças municipais para aumentar o número de tocantinenses vacinados contra a Covid-19.
- Atualizada em
Descrição: Governador do Tocantins, Mauro Carlesse. Tharson Lopes/Governo do Tocantins

Aumentar o número de tocantinenses vacinados contra a Covid-19 para que o Ministério da Saúde (MS) possa liberar mais doses ao Estado foi o foco da reunião do Comitê de Crise de Combate e Prevenção à Covid-19, conduzida pelo governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, na manhã desta sexta-feira, 18.

 

Para esta reunião, o governador convidou os presidentes da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), Diogo Borges, e da União dos Vereadores do Estado do Tocantins (Uvet), Terciliano Gomes, com o intuito de unir forças para acelerar o processo de vacinação nos municípios.

 

Na reunião, o Carlesse esclareceu que vem tentando com o MS a liberação de mais doses para o Tocantins. “Quando chega lá no Ministério, eles avaliam o desempenho nas aplicações da primeira dose e da segunda dose e tem muita diferença. Então, eles falam  para dar uma equilibrada e aumentar a aplicação da segunda dose. Eu sou um governador municipalista e quero ajudar os municípios no que precisar. Quero que os prefeitos e a comunidade entendam que precisamos aumentar a segunda dose, para então recebermos mais doses e aumentar o número de tocantinenses vacinados para o quanto antes sairmos dessa pandemia”, ressaltou.

 

O secretário de Estado da Saúde (SES), Edgar Tollini, informou que, até o momento, o Tocantins recebeu 715,4 mil doses de vacinas e já distribuiu 668.596 doses aos municípios. Desse total, os municípios já aplicaram 342.687 de primeira dose e 139.081 de segunda dose. “Assim que recebemos as vacinas já distribuímos aos municípios, não ficamos estocando vacinas. A realidade é que algumas pessoas não compareceram para tomar a segunda dose e outras, que acabaram acreditando em fake news sobre a eficácia de determinadas vacinas, querem esperar uma outra marca de imunizante. Mas a gente reforça: todas dão a mesma proteção”, declarou.

 

Além disso, o titular da SES informou que solicitou,ao Ministério da Saúde uma revisão no percentual de doses que o Estado teria direito. “Nossa população corresponde a 0,7% da população nacional, mas lá no Ministério consta como 0,6%. Com base nessa porcentagem, é que são determinadas o número de doses para cada estado da federação. Por isso, já solicitei que corrijam o erro para então recebermos essa diferença e aumentar o número de doses disponibilizadas”, explicou o secretário Edgar Tollini.

 

Mais leitos de UTI

 

O secretário da Saúde, Edgar Tollini, reforçou que em breve o Estado terá novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva destinados ao tratamento da Covid-19. “No dia 26 de junho, os 20 leitos de UTI Covid-19 do Hospital Geral de Gurupi já estarão em funcionamento. E os 20 leitos contratualizados coma iniciativa privada em Paraíso do Tocantins, dentro de 15 dias, devem estar funcionando também. Com mais esses 40 leitos, sairemos de 182 leitos de UTI Covid-19 para 222, aumentando a nossa capacidade atendimento”, destacou.

 

Apoio da ATM e 

 

O presidente da ATM e também prefeito de Talismã, Diogo Borges, se colocou à disposição do Governo do Estado para reforçar, aos municípios, a necessidade de aumentar a vacinação. “Enquanto ATM, colocamos os municípios à inteira disposição do Governo do Estado nessa parceria para agilizar a vacinação. Estamos falando com os prefeitos para retirar as doses em tempo hábil e aplicá-las também. A gente acredita também que à medida que tivermos mais doses e pudermos aumentar o público, teremos mais vacinados”, ressaltou.

 

O titular da SES afirmou que analisará a possibilidade de ampliar o horário de atendimento do Lacen-TO. “Assim que o Ministério da Saúde nos comunicar o envio das doses eu já aviso a ATM, informando o dia de retirada, para que possam reforçar com os prefeitos”, disse. O presidente da Uvet, Terciliano Gomes, pediu ao secretário para que também fizesse esse comunicado à instituição. “A Uvet quer colaborar e unir forças com todos. Então peço que nos avisem também para repassarmos para as câmaras municipais, na intenção de que os vereadores possam cobrar dos prefeitos essa retirada”, considerou.

 

Conscientização

 

O secretário de Estado da Comunicação, Élcio Mendes, informou que mais uma campanha será iniciada para conscientizar a população quanto à importância de tomar a segunda dose. “Atendendo a determinação do senhor governador, estamos entrando com uma nova campanha para conscientizar sobre a importância da segunda dose e mostrando ainda todo o trabalho de como é recebimento, armazenamento e distribuição das doses. Vai ser uma campanha forte em TVs, rádios, outdoors, redes sociais, carro de som, cobrindo todo o Estado”, informou.

 

Presenças

 

Também participaram da reunião o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Antonio Andrade; o juiz auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça, Océlio Nobre; o procurador-geral de Justiça, Luciano Casaroti; a defensora pública-geral, Estellamaris Postal; o chefe de gabinete da presidência do Tribunal de Contas do Estado, Marcelo Olímpio; o secretário de Estado da Fazenda, Sandro Armando; a secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar; o secretário de Estado da Governadoria, Divino Allan; o chefe de gabinete da Governadoria, Sebastião Albuquerque; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Júlio Manoel Silva Neto; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Reginaldo Leandro; o comandante do 22° Batalhão de Infantaria do Exército, tenente-coronel Aldenir Nogueira; e o comandante da Capitania Fluvial Araguaia-Tocantins, Marcos Cezar Gomes.