Palmas, Tocantins -
Jornalismo

Curso nacional sobre fake news “Vaza, Falsiane” será debatido no dia 17, em Palmas

O evento, que será realizado no auditório do Sebrae, marca a abertura da turnê de divulgação pelo país do "Vaza, Falsiane!", curso on-line e gratuito contra a desinformação e notícias falsas
- Atualizada em
Curso "Vaza, Falsiane!" acontece em Palmas, na próxima segunda Divulgação Twitter

Palmas recebe na noite da próxima segunda-feira, 17, a palestra gratuita “Como enfrentar as fake news”, em que essas e outras questões referentes aos desafios do panorama atual das informações serão abordadas. O evento, que será realizado no auditório do Sebrae, às 19h30, marca a abertura da turnê de divulgação pelo país do "Vaza, Falsiane!", curso on-line e gratuito contra a desinformação e notícias falsas.

 

“Para nós, é uma alegria começar nosso ciclo de palestras pela região Norte. Queremos debater a importância da informação de qualidade para a tomada de decisões”, avalia Rodrigo Ratier, professor de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, que estará presente na capital tocantinense. “Num mundo com tantas vozes, distinguir as mais confiáveis tornou-se fundamental”, completa.

 

A apresentação do curso “Vaza, Falsiane!” será acompanhada de debate com a participação da professora Marluce Zacariotti (Jornalismo/UFT), da jornalista e pesquisadora Glês Nascimento e da jornalista Roberta Tum (T1 Notícias), com mediação do jornalista e sociólogo Maurício Hashizume.

 

“O combate às fake news se tornou questão de sobrevivência da credibilidade dos veículos. Se permitirmos o uso da nossa marca, identidade visual e nome para fakes que atendem interesses de candidatos e grupos, estamos num caminho sem volta”, disse a jornalista Roberta Tum.

 

Sobre o curso

 

O “Vaza, Falsiane!” surge para ampliar as ferramentas que as pessoas dispõem a fim de analisar de forma consciente as informações que consomem. Fornece ainda instrumentos para que sejam responsáveis ao publicar e compartilhar conteúdos. O projeto é uma iniciativa dos professores de jornalismo Rodrigo Ratier (Faculdade Cásper Líbero), Ivan Paganotti (Fiam-Faam) e Leonardo Sakamoto (PUC-SP). Com linguagem pop, multimídia e acessível, o curso é voltado principalmente a jovens e docentes da educação básica e de cursos universitários, mas está aberto ao público em geral.

 

Disponibilizado gratuitamente, o curso reúne 11 vídeos, 16 testes on-line, quatro galerias de imagens e um farto material didático - que também pode ser baixado para ser lido offline ou impresso e equivale a um livro de 188 páginas.

 

Entre o conteúdo do "Vaza, Falsiane!" está a definição de notícias falsas e como ela relaciona a um fenômeno mais amplo — o da desinformação. Trata sobre a liberdade de expressão, censura prévia e as responsabilidades que a liberdade nos traz. Avalia o poder relativo dos meios de comunicação quando tentam influenciar a opinião pública. Discute as diferentes escalas na régua entre a "verdade" e a "mentira". Discute o que leva alguém a criar ou compartilhar informações sem fundamentação e por que seu consumo é tão fácil e rápido.

 

Mas também traz antídotos. Apresenta o que é apurar um fato e como isso é fundamental para garantir informação confiável. Ensina como checar informações por conta própria. Discute como garantir que os relatos e opiniões estejam bem fundamentados. E mostra condições para que as trocas de ideias sejam conversas produtivas mesmo que não se concorde com o interlocutor.

 

Além de seu site, o "Vaza, Falsiane!" também tem uma página no Facebook, pela qual distribui conteúdo. Em menos de um mês, já são mais de 30 mil seguidores.

 

Como enfrentar as fake news

 

Palestra com o Professor Rodrigo Ratier (Faculdade Cásper Líbero), seguido de debate com especialistas convidadas.

Data: 17/09/2018 (segunda-feira)

Horário: 19h30

Local: Auditório do Sebrae (102 Norte, Avenida Lo 04)

Apoio: Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins e Sebrae

Notícias sobre:

curso vaza falsiane fake news