Palmas, Tocantins -
Crise financeira

Devido crise, Seduc informa que não promoverá o Salão do Livro em 2018

Estado afirma em nota que está adotando política de contenções de gastos
- Atualizada em
Salão do Livro do Tocantins Diana Cardoso

O evento que marcou a agenda cultural tocantinense por nove anos, o Salão do Livro, não irá acontecer em 2018, assim como não aconteceu nos anos de 2016 e 2017, conforme informou a Secretaria de Educação, Juventude e Esportes (Seduc) ao Portal T1, na tarde desta terça-feira, 28.

 

De acordo com a resposta enviada por meio de nota, o Governo do Tocantins não promoverá o Salão do Livro “devido à situação financeira pela qual passa o Estado”.

 

Afirmou, ainda, que por conta desse fator, o Estado vem adotando “uma política de contenção de gastos públicos, não há previsão orçamentária para a realização do Salão do Livro no ano de 2018”.

 

Última edição

 

A 9º e última edição do Salão, que movimentou mais de R$ 7,5 milhões e recebeu 350 mil visitas, ocorreu em 2015, no Centro de convenções Parque do Povo. Local onde foram realizadas algumas das edições do evento.

 

O salão foi sediado, também, na Praça dos Girassóis, momento em tomou grandes proposições e recebeu grandes palestras e shows musicais, como de Lulu Santos, Paralamas do Sucesso, Lenine entre outros.

 

Criado no primeiro mandado do governador Marcelo Miranda, o espaço voltado à literatura recebeu o nome de Salão do Livro e já no do ex-governador Siqueira Campos, de Feira Literária Internacional do Tocantins (Flit).