Palmas, Tocantins -

Estado


Estado
567 visualizações

Dimas confirma 5º caso do Covid-19 em Araguaína e Tocantins chega a 19; Palmas, 13

Paciente tem 58 anos e apresentou sintomas de tosse e falta de ar e continua interna, segundo a prefeitura, no Hospital Regional de Araguaína; a confirmação foi através de um teste rápido na UPA
- Atualizada em
Divulgação

Nesta segunda-feira à noite, 6, após divulgação do Boletim Epidemiológico, a Prefeitura de Araguaína confirmou o quinto caso do novo coronavírus na cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Ronaldo Dimas nas redes sócias da Prefeitura. Agora, são 19 casos da doença no Tocantins, dos quais 13 são em Palmas e um em Dianópolis.

 

A paciente, cujo exame acusou positivo para o coronavírus em Araguaína, é uma senhora de 58 anos, que apresentou sintomas moderados como tosse e falta de ar. De acordo com a prefeitura, a mulher está internada no Hospital Regional de Araguaína (HRA). A confirmação foi através de um teste rápido realizada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, após a paciente se consultar em um consultório particular e ser encaminhada para a UPA. Além do caso positivo, o boletim epidemiológico da cidade trouxe 190 casos descartados da doença.

 

Mais cedo, na noite de ontem, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou mais um novo caso confirmado em Palmas. Foram realizados oito testes no Lacen. O novo caso na Capital é de uma mulher, de 29 anos, com histórico de viagem recente à França.

 

Até esta terça-feira, 7, de manhãzinha, o novo caso de Araguaína ainda não consta na relação de casos da Secretaria Estadual da Saúde, já que a confirmação foi após a divulgação do boletim desta segunda da SES e o exame não foi feito no Laboratório Central do Tocantins (Lacen).

 

Com a confirmação do município, o total de casos em todo o Tocantins chega a 19, sendo 13 em Palmas, cinco em Araguaína e um em Dianópolis.

 

A Secretaria Municipal de Saúde de Araguaína reforçou que as medidas de isolamento social são determinantes para conter o avanço do novo coronavírus.

 

“É um momento de preocupação e peço a vocês que respeitem as decisões. Sei que é difícil, mas as medidas buscam o bem-estar de toda sociedade. Trabalhamos para aumentar o número de leitos, também para que as medidas possam ser cumpridas e ainda auxiliar socialmente as famílias. Vocês são os principais para disseminação, se a gente não seguir essas regras não teremos sucesso”, afirmou Dimas.