Palmas, Tocantins -
Fórum de Governadores

Em Mato Grosso, Marcelo Miranda acompanha Michel Temer e defende ações nas fronteiras

Marcelo Miranda foi para o estado mato-grossense participar do 15º Fórum de Governadores da Amazônia Legal. Marcelo Miranda também participou do lançamento da colheita do algodão naquele Estado
- Atualizada em
Marcelo Miranda acompanha Michel Temer em colheita de algodão Divulgação Secom

O governador Marcelo Miranda está no Estado de Mato Grosso participando do 15º Fórum de Governadores da Amazônia Legal.  Na oportunidade, o governador prestigiou, na manhã desta sexta-feira, 11, a inauguração da primeira usina de etanol produzido a partir do milho. O evento, no município de Lucas do Rio Verde (MT), contou com a presença do presidente da República, Michel Temer. 

 

Marcelo Miranda avaliou como "bastante produtiva" a presença dos chefes de Executivos da Amazônia Legal na inauguração da usina. "É a primeira usina do Brasil de produção exclusiva de etanol a partir do milho e de seus derivados. Também acompanhamos o lançamento da maior colheita de algodão do país. O Mato Grosso é responsável pela produção de 67% de algodão, exemplo a ser mencionado", avaliou o governador.

 

Em seu pronunciamento, o presidente Temer lembrou das múltiplas finalidades do milho. “Produz ração animal, óleo de milho, energia elétrica. Veja o que se pode fazer com um produto que antigamente só servia para fazer fubá”, comentou, ao reforçar que o etanol está de acordo com a preservação do meio ambiente.

 

A usina inaugurada possui 250 mil metros quadrados e custou, aproximadamente, R$ 450 milhões, segundo a empresa FS Bioenergia. A previsão inicial é produzir anualmente 240 milhões de litros de etanol de milho, além de 180 mil toneladas de farelo, 6 mil toneladas de óleo de milho e energia, gerada a partir da queima de eucalipto.

 

Algodão

Ainda em Lucas do Rio Verde, Marcelo Miranda participou do lançamento da colheita do algodão naquele Estado, na Fazenda Boa Vista. Presente no evento, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, falou da safra de algodão no Mato Grosso, que deve ser recorde. "Estamos falando de uma produção que já é referência no país. Com o meu olhar de agricultor, falo tranquilamente em 360 arrobas por hectare, diferente do que era quando começamos", destacou.

 

"O narcotráfico é a grande ameaça do Brasil". A frase enfática do governador do Acre, Sebastião Viana, teve grande repercussão na 15ª reunião do Fórum de Governadores da Amazônia Legal, obtendo ampla discussão e o apoio do governador Marcelo Miranda. Programada para ocorrer logo cedo nesta sexta-feira, 11, o horário e a programação da reunião foram alterados porque os governadores acompanharam o presidente Michel Temer em inaugurações em Lucas do Rio Verde (MT).

 

Reforçar segurança nas fronteiras de estados amazônicos

 

Outro momento do encontro com os governadores, foi a discussão para defender  ações conjuntas no reforço a segurança das fronteiras de estados amazônicos. Tomada de ações práticas para combater o narcotráfico nas fronteiras, especialmente com a Bolívia, Argentina e Colômbia. 

 

A tomada de ações práticas para combater o narcotráfico foi uma das justificativas dos governadores para buscar apoio junto ao Governo Federal, no sentido reforçar a segurança nas fronteiras entre os estados amazônicos, especialmente nas de ligação direta com a Bolívia, Argentina e Colômbia. "Mesmo não fazendo fronteira direta com esses países, sabemos que essa demanda se faz urgente", disse o governador Marcelo Miranda ao mencionar que 80% das prisões na região decorrem do narcotráfico.

 

“As fronteiras estão abertas na Amazônia brasileira para a pressão do narcotráfico. Quando o governo americano investiu 1 trilhão de dólares em cooperação com a Colômbia, e tirou a grande produção mundial do narcotráfico da Colômbia, esta se deslocou para o Peru e para a Bolívia; e ela pressiona os nossos estados da Amazônia. E a prioridade é o combate ao narcotráfico”, pontuou o governador Sebastião Viana.

 

(com informações do G1 e da Secom Tocatins)