Palmas, Tocantins -

Estado


Acidente Aéreo
2.229 visualizações

Empresário que tinha fazenda no TO, esposa e três filhos morrem em acidente aéreo

Acidente ocorreu na manhã desta terça-feira, 14, logo após o avião decolar no Aeroporto de Piracicaba, em São Paulo. O piloto e o copiloto também perderam as vidas.
- Atualizada em
Descrição: Celso Silveira Mello e a esposa, Maria Luiza Meneghel. Reprodução/EPTV

Um grave acidente de avião matou o empresário e pecuarista Celso Silveira Mello Filho, 73 anos, sua esposa, os três filhos do casal, o piloto e copiloto da aeronave na manhã desta terça-feira, 14, na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo. Celso era proprietário da Fazenda Malaska, localizada em Muricilândia e Santa Fé do Araguaia, no norte do Tocantins.


A tragédia tirou as vidas do empresário, da esposa, Maria Luiza Meneghel, 71 anos, dos filhos Celso Meneghel Silveira Mello, 46 anos, Fernando Meneghel Silveira Mello, 46, e Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, 48, além do piloto Celso Elias Carloni, 39 anos, e do copiloto Giovani Gullo, de 24 anos.


De acordo com o Corpo de Bombeiros, o avião decolou no Aeroporto de Piracicaba para seguir rumo ao Pará, caindo em seguida, em uma área verde ao lado da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec), causando incêndio no local.


O pecuarista também era acionista do Grupo Cosan, companhia que atua na área de açúcar, álcool e energia, tinha negócios agropecuários em São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Pará e era ex-presidente do Esporte Clube XV de Piracicaba. Celso era irmão do presidente do Conselho de Administração da Cosan, Rubens Ometto Silveira Mello.