Palmas, Tocantins -

Estado


Servidores contratados
435 visualizações

Estado paga folha complementar de mais de R$ 30 milhões para servidores da Educação

Pagamento dos salários estará na conta dos servidores contratados a partir do final da tarde desta sexta-feira, 18.
- Atualizada em
Divulgação

Visando garantir os vencimentos dos servidores da Educação contratados para a rede estadual de ensino, o Governo do Tocantins executou nessa quinta-feira, 17, folha de pagamento complementar no valor de R$ 30.098.345,91.

O pagamento desses servidores estará disponível para saque a partir do final da tarde desta sexta-feira, 18. Ao todo, 9.517 trabalhadores receberão os salários referentes ao mês de maio, data de início do calendário letivo de 2021.

A execução de uma folha complementar tem como objetivo garantir que esses trabalhadores contratados a partir do início de maio tenham seus salários garantidos antes do fim do primeiro semestre. Já a partir do mês de julho, todos estarão integrados à folha de pagamento regular dos servidores públicos estaduais.

Para a secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, ter a garantia do salário na conta é fundamental para todos os trabalhadores, principalmente em um momento de grandes desafios como este. “Sabemos da importância de todos os nossos profissionais da Educação e trabalhamos diariamente para que os contratos fossem firmados o mais rápido possível para que todos fossem inseridos na folha de pagamento e pudessem receber seus salários”, destaca.


Ano letivo

Por conta das medidas de contenção da Covid-19, o ano letivo de 2020 foi encerrado em 23 de março deste ano, quando os vínculos contratuais da Educação foram encerrados. Passado o breve período de recesso, o planejamento para o ano letivo de 2021 iniciou com as matrículas, que são os indicadores precisos para o levantamento das necessidades de contratos na rede estadual.


Desta forma, após o término do procedimento de matrículas, em maio, os contratos começaram a ser elaborados, seguindo os trâmites normais, e encaminhados para as unidades de ensino procederem com as assinaturas