Palmas, Tocantins -
Próxima semana

Filiados ao Sindjor/TO devem participar das eleições da FENAJ e da CNE

No Tocantins, os jornalistas podem votar na sede do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins (Sindjor/TO), nos dias 16, 17 e 18 de julho.
- Atualizada em
Eleição da Fenaj será nos dias 16, 17 e 18 de julho Divulgação

Na próxima semana, jornalistas brasileiros irão às urnas para escolher os cinco novos membros da Comissão Nacional de Ética (CNE) e a nova diretoria da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ). A votação para a CNE é feita por meio de candidatura individual e, para a diretoria, por meio de chapa, que é composta por jornalistas de todas as regiões do país.

 

Os locais de votação são organizados pelos sindicatos de cada estado. No Tocantins, os jornalistas podem votar na sede do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins (Sindjor/TO), nos dias 16, 17 e 18 de julho, das 8h às 12h. Podem votar todos os jornalistas que estão em dia com o Sindicato. 

 

Para a presidenta do Sindjor/TO, Alessandra Bacelar, as eleições demonstram a importância da democracia participativa. “Todos os sindicalizados podem dar o seu voto e contribuir com a nossa profissão. A realidade da nossa categoria precisa ser debatida e nossa luta deve ser abraçada por todos”, declarou Alessandra. Lembrou ainda que o Tocantins tem representante na chapa, a jornalista Rose Dayanne Santana, e com isso os filiados tem ainda mais responsabilidade para participar no pleito, dando votação expressiva e validando a participação tocantinense na chapa.
 

Candidatos à CNE


Cinco jornalistas se candidataram para os cargos na CNE. São eles: Claudia de Abreu (RJ); Kardé Mourão (BA); Osnaldo Moraes (PE); Pinheiro Sales (GO) e Salomão de Castro (CE). Os jornalistas poderão votar em todos os cinco para CNE, além da direção da Federação.


Diretoria


Após sete eleições com disputa, apenas uma chapa foi registrada para disputar a direção da FENAJ. A “Audálio Dantas – FENAJ em defesa dos jornalistas, do jornalismo e da democracia” é liderada pela atual presidenta, Maria José Braga (GO), e tem como vice-presidente Paulo Zocchi (SP).