Palmas, Tocantins -
De alta periculosidade

Foragido do Distrito Federal com extensa ficha criminal é preso em Wanderlândia

Homem de 26 anos tentou escapar da abordagem policial apresentando documentos falsos, mas foi capturado em seguida.
- Atualizada em
Homem está em prisão em Araguaína. Da Web

Um homem de H.F.P.S, de 26 anos, considerado de alta periculosidade e extensa ficha criminal, que estava foragido da Justiça do Distrito Federal, foi preso no final da tarde desta quinta-feira, 15, em Wanderlândia. Ele tem condenação pelo crime de roubo, tendo praticado, quando adolescente, vários atos infracionais análogos a diversos crimes, inclusive homicídio.

 

A prisão ficou à cargo da Divisão Especializada em Narcóticos (DENARC), de Araguaína, tendo à frente o delegado Alexander Pereira da Costa. De acordo com o delegado, o homem estaria morando agora no Tocantins, usando documentos falsos. Quando foi abordado pelos policias, ele apresentou tais documentos, mas sem não conseguiu enganá-los.

 

A partir da troca de informações com órgãos de segurança de outros estados foi possível levantar a verdadeira identidade do indivíduo e ter ciência da extensa lista de crimes por ele cometidos.

 

“Trata-se de um elemento muito perigoso, que possui várias passagens criminais por atos infracionais análogos a roubo, receptação e homicídio, na época em era adolescente, e, já quando adulto, cumpria pena por roubo em regime semiaberto, mas fugiu para o Estado do Tocantins, onde levava uma vida aparentemente normal, com documentos falsos”, disse o delegado.

 

Diante das evidências, ele foi conduzido até à Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína, onde foi autuado em flagrante por uso de documento falso. As investigações a respeito do fato terão continuidade, pois há fortes indícios de que o homem estaria envolvido com o tráfico de drogas em Wanderlândia.

 

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, H.P.F.S foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.