Palmas, Tocantins -
Em Palmas
826 visualizações

Governador entrega reforma do Detran e recebe a primeira CNH digital do Tocantins

Agora o cidadão tocantinense poderá ter a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica. Detran Tocantins oferecerá ainda outros serviços online
- Atualizada em
Marcelo Miranda recebe a primeira CNH-e do Tocantins Frederick Borges

O governador Marcelo Miranda, lançou, na manhã desta quinta-feira, 8, a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) no Tocantins e foi o primeiro morador do Estado a receber o novo documento. Na ocasião, Miranda ainda entregou a reforma de dois blocos do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins, em Palmas, e equipamentos ao órgão.

 

“O sistema tecnológico hoje, se você não acompanhar, você vai ficando para trás. Você não precisa mais sair da sua casa para renovar a carteira”, ressaltou o governador na ocasião.

 

O Tocantins está entre os quatro estados do país, mais o Distrito Federal, a adotar a CNH digital até o momento. A expectativa é de que pelo menos 300 CNH-e sejam emitidas neste primeiro momento no Estado, de acordo com o presidente do Detran/TO, coronel Donizete Pereira. O gestor explicou que, a partir de agora, o Detran/TO oferecerá quatro serviços online: a CNH definitiva, a renovação da CNH, a 2ª Via do documento e a Permissão Internacional, possibilitando ao motorista tocantinense dirigir em outros países, o que para o presidente é um grande avanço no Estado.

 

Coronel Donizete disse ainda que a presença do usuário dos serviços nas dependências do Detran/TO só será necessária para dar entrada no processo de retirada da CNH e para o cadastro biométrico, que necessita das digitais do motorista.

 

“Isso vai possibilitar que o usuário tenha acesso, via internet, a alguns serviços que antes eram oferecidos somente nos nossos balcões. Facilidade para o usuário, facilidade para o Detran, que tira do nosso balcão de atendimento o cidadão, que muitas das vezes tem o tempo perdido ali em busca de nos nossos serviços”, frisou o presidente.

 

Kit biométrico 

 

Conforme anunciado pelo governador, o Estado investiu cerca de R$ 2,8 milhões na melhoria das instalações do órgão. As reformas aconteceram no Bloco I, onde está a presidência e algumas diretorias; e no Bloco IV, onde funcionam a Ouvidoria, a Gerência de Multas, Tecnologia da Informação e outros serviços relacionados ao sistema de documentação de veículos.

 

Marcelo MIranda realizou a entrega, também, de 50 kits de coleta biométrica. Antes o serviço era realizado por uma empresa terceirizada. “Teremos uma economia média de R$ 600 mil por mês com esses equipamentos”, garantiu o coronel Donizete.

 

Os kits para a coleta biométrica, além do Detran/TO, atenderão o Instituto de Identificação da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). “Vai possibilitar a modernização do sistema. A identificação do cidadão também será feira de forma eletrônica. A vantagem é que teremos a possibilidade de interligar o sistema no momento da confecção da CNH e da Identidade Civil. Iremos confrontar dados e minimizar a possibilidade de fraudes nestes dois documentos”, finalizou o presidente do Detran/TO.