Palmas, Tocantins -
Servidores públicos do TO
903 visualizações

Governo do Estado prorroga jornada de seis horas aos servidores até 31 de dezembro

Relatório apresentado pela Secretaria do Planejamento e Orçamento, sobre a redução e o controle das despesas, revelou uma economia considerável no período em que esteve vigente a jornada de seis horas
- Atualizada em
Decreto foi publicado pelo governo nesta quinta Divulgação

Em decreto publicado na noite de ontem, 16, no Diário Oficial do Estado, o governador Mauro Carlesse (PHS) prorrogou até 31 de dezembro deste ano o período de vigência do decreto publicado em abril, que instituiu a jornada diária de trabalho de seis horas corridas, das 8h às 14h, nos órgãos e entidades da administração pública direta e indireta do Executivo.

 

Conforme o governo, relatório apresentado pela Secretaria do Planejamento e Orçamento, sobre a redução e o controle das despesas de custeio do Poder Executivo Estadual, revelou uma economia considerável no período em que esteve vigente a jornada de seis horas.

 

Ainda segundo o Estado, “é irrenunciável o empreendimento de esforços para alcançar níveis significativos de economicidade, eficácia e eficiência na execução dos serviços públicos no Tocantins, tendo como referenciais as medidas fixadas no Decreto 5.805/2018”.

 

No começo desta semana, o Sindicato dos Servidores Públicos do Tocantins (Sisepe-TO) enviou ofício ao governador solicitando a manutenção da jornada de 6 horas no serviço público estadual, já que a jornada reduzida venceria no próximo dia 31.

 

Com a redução da jornada, o Estado conseguiu economizar gastos com água, energia elétrica, diárias, passagens, telefone, combustível, material de expediente e consumo, manutenções com veículos e demais despesas com os órgãos públicos.