Palmas, Tocantins -

Estado


Recuperação da TO-335
242 visualizações

Governo do TO realiza obras de recuperação da TO-335, entre Colinas e Palmeirante

Na rodovia passam até 900 caminhões bitrem carregados de grãos por dia, no período de safra. Os trabalhos visam garantir a trafegabilidade no trecho
- Atualizada em
Divulgação/Ageto/Governo do Tocantins

O governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), intensificou, na segunda-feira, 5, os trabalhos de recuperação da TO-335, no trecho de 30 km entre os municípios de Colinas do Tocantins e Palmeirante, região norte do Estado. O objetivo é melhorar a trafegabilidade da rodovia que não foi projetada para receber o tráfego intenso de veículos de carga, mas por onde passam até 900 caminhões bitrem carregados de grãos por dia, no período de safra.

 

Os trabalhos de recuperação envolvem a correção de pontos críticos com a colocação de revestimento primário e buscam garantir a trafegabilidade no trecho. O grande fluxo de veículos de carga é em razão da rodovia dar acesso ao Terminal Integrador de Palmeirante da VLI e de ser uma das vias de acesso dos municípios vizinhos à BR-153. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos nos próximos dez dias úteis.

 

A ação é realizada em parceria com os municípios de Palmeirante e de Colinas. De acordo com o prefeito de Colinas do Tocantins, Kasarin, esse trecho da rodovia é importante para o desenvolvimento dos dois municípios. O prefeito de Palmeirante, Raimundo Brandão, reforçou a importância da parceria entre os municípios e o governo do Tocantins.

 

A secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, garantiu que o compromisso é manter a trafegabilidade das rodovias estaduais. “Estamos buscando soluções imediatas para casos pontuais, como esse. E trabalhando para a readequação da infraestrutura viária para a realidade atual do Estado, com a realização de novos projetos e na captação de recursos”, destacou.

 

Como o pavimento da rodovia não foi projetado para receber o tráfego intenso de veículos pesados, a Ageto tem mantido uma equipe de manutenção permanente no trecho para corrigir defeitos na pista que possam comprometer a trafegabilidade. As equipes técnicas do órgão já trabalham no projeto de pavimentação, com a colocação de concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), que é um material de alta qualidade adequado para o tráfego de veículos de carga, e na captação de recursos para a reconstrução desse trecho da TO-335.