Palmas, Tocantins -

Estado


Concurso
1.925 visualizações

Governo prevê 15 mil inscritos no concurso da Polícia Militar do Tocantins

O Governo do Estado prevê que 15 mil candidatos vão se inscrever para concorrer a uma das 300 vagas do concurso da Polícia Militar. As datas da abertura do certame e da aplicação das provas ainda não foram definidas.
- Atualizada em

A Secretaria de Planejamento, Gestão e Modernização da Gestão Publica (Seplan),  divulgou no último dia 14, o edital de concorrência pública para contratação da empresa responsável pela aplicação do Concurso da Polícia Militar do Tocantins.

 

De acordo com o edital, são previstas 15 mil inscrições para concorrer a 300 vagas de acesso aos quadros da Polícia Militar. São 270 vagas para policiais masculino e 30 vagas para policiais feminino. O valor da inscrição é de R$ 60,00.

 

As propostas das empresas interessadas em participar da licitação serão abertas no dia 2 de outubro, às 9 horas, na Seplan. O governo vai gastar R$ 651.750,00 para a realização do certame.

 

 

 

Locais das provas

 

 

Embora as datas de abertura do concurso e de aplicação das provas ainda não estejam definidos, a primeira etapa do certame terá provas nas cidades de Palmas, Araguaína, Gurupi, Arraias e Araguatins, enquanto que a segunda e terceira serão realizadas somente em Palmas.

 

Necessidades

 

De acordo com o edital, os dados do IBGE, apontavam uma população de 1.383.445 habitantes, em 2010. O número de policiais militares no Estado até janeiro de 2012 era de 4.057 policiais militares.

 

Estas estatísticas apontam que o Tocantins possui um número muito inferior de policiais em relação ao número de habitantes, ficando abaixo do recomendado pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), que é de um policial para cada 250 habitantes.

 

O Estado possui hoje um policial para cada 341 habitantes, considerando o senso do IBGE de 2010. Com a incorporação de mais 300 policiais previstos no concurso publico, o Estado passará a ter um policial para cada 318 habitantes, considerando o senso do IBGE de 2010. Para se adequar aos índices recomendados pelo ONU, o Tocantins deveria ter um contingente de 5.434 policiais.