Palmas, Tocantins -
Universidade do Tocantins
506 visualizações

Graduados pela Unitins, pai e mãe tem mais uma filha aprovada na mesma universidade

O pai e a filha mais velha se formaram em Direito. A mãe fez Medicina Veterinária e agora eles comemoram a entrada de mais uma filha na Unitins
- Atualizada em
Toda a família tem a história ligada à Unitins Cristian Reurison/Ascom Unitins 

Uma família que tem em comum não só os laços de sangue e afetividade, mas também a universidade pública que oportunizou a graduação ao pai, à mãe, à filha mais velha do casal e que recentemente também recebeu mais uma filha. Essa é a família de Pedro, Elga, Bruna e Júlia, que viram na Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) a oportunidade de realizar o sonho do ensino superior.

 

Pedro Carvalho Martins, o patriarca da família, se formou em Direito pela Unitins em 1999, em Colinas. Elga Lopes da Cunha Martins fez o curso de Medicina Veterinária em Araguaína e se formou em 1997. No início deste ano foi a formatura da primogênita, Bruna Cunha Martins, que seguiu os passos do pai e se graduou em Direito no Câmpus de Palmas. Em agosto foi a vez da Júlia Cunha Martins também entrar para a família Unitins em Palmas: aprovada para o curso de Direito, seguindo o gosto e a aptidão do pai e da irmã mais velha.

 

Elga foi a primeira aluna matriculada na primeira turma do curso de Medicina Veterinária da Unitins em Araguaína e conta que a experiência e o pioneirismo para ela e os colegas foram desafiadores, mas que isso contribuiu para a formação de profissionais que valorizaram cada etapa do processo de graduação.

 

Pedro e Elga já se conheciam e chegaram a concorrer juntos para uma vaga de Medicina Veterinária. Mas ele conta que o curso que realmente tinha afinidade era Direito. “Naquela época, até por volta de 1995, no Tocantins praticamente não tinha faculdade de Direito, a única que havia era em Gurupi e era particular”, lembra Pedro sobre as dificuldades de acesso ao ensino superior.

 

O casal, que realizou o sonho de concluir a graduação em uma universidade pública, comemorou mais uma conquista quando Bruna, a filha mais velha, passou no vestibular de Direito da Unitins. “Nós sabemos que o ensino superior público é mais concorrido e isso eleva o nível dos alunos”, destaca a mãe.

 

O pai comentou ainda que Júlia, a caçula, tem condições ainda mais favoráveis para uma formação de excelência, com a chance de vivenciar na prática os ensinamentos de sala de aula, já que ele e a Bruna atuam em escritório jurídico.

 

Vestibular 2019/1

 

O balanço que a família faz da Unitins é tão positivo que eles esperam ter, em breve, mais um membro da família matriculado na instituição. Amanda, a filha caçula, deve concorrer a uma vaga também no curso de Direito em Palmas.

 

O edital do Vestibular 2019/1 já foi publicado e as inscrições começam nesta sexta-feira, 14 de setembro. São 480 vagas ofertadas para todos os cursos nos quatro Câmpus da Unitins. Saiba mais aqui.

 

Notícias sobre:

unitins família pai mãe filhas