Palmas, Tocantins -

Estado


Sem prejuizos
1.059 visualizações

Igeprev esclarece que Diferencial apenas intermediava aplicações do Instituto

O Igeprev voltou a assegurar, através de nota, que a Diferencial Corretora é apenas intermediária entre o Igeprev e os fundos de investimentos e que a liquidação da corretora não afeta os investimentos do Instituto.
- Atualizada em

Em resposta as declarações do presidente do Sisepe, Cleiton Pinheiro, que informou que vai pedir uma investigação para apurar como os recursos do Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (Igeprev) são aplicados, o Instituto divulgou nota na qual reforça que não há prejuízos com a liquidação da Diferencial Corretora de Valores Imobiliários.

A Liquidação foi determinada pelo Banco Central na última quinta-feira, 9. O Igeprev sustenta que não existe qualquer aplicação irregular no que se refere aos recursos do Fundo de Previdência e que a Diferencial é apenas uma intermediadora das aplicações do Igeprev junto aos fundos onde os recursos estão aplicados.

Ainda de acordo com o Igeprev, parte dos recursos intermediados pela Diferencial foi dirigida para recursos públicos e não privados e que estes títulos são absolutamente seguros.

Em entrevista ao Portal T1 nesta sexta, 11, Cleiton Pinheiro declarou também que “é uma irresponsabilidade afirmar que os servidores não terão prejuízos. Os R$ 150 milhões aplicados na corretora liquidada são suficientes para pagar o salário de aposentados do Igeprev durante um ano ou mais”, avaliou o presidente.

 

Confira a integra da nota:

 

A respeito de matéria sobre investigação pretendida pelo Sisepe quanto às aplicações dos recursos do Fundo de Previdência do Servidor Público, o Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (IGEPREV) informa que:

1.      Não existe qualquer aplicação irregular no que se refere aos recursos do Fundo de Previdência;

2.      A liquidação extrajudicial da Diferencial Corretora de Títulos e Valores Imobiliários determinada pelo Banco Central não alcança os fundos nos quais esses recursos estão aplicados, já que a Diferencial é tão somente intermediária do Igeprev junto a fundos de aplicação, ou seja, não existem recursos aplicados na referida corretora;

3.      Nota-se, inclusive, que parte desses recursos intermediados pela Diferencial foi dirigida a títulos públicos e não privados, portanto, absolutamente seguros;

4.      O Igeprev, cujo o Conselho de Administração tem assento o Sisepe, está pronto a fornecer informações que venham a ser oficialmente requeridas;

5.      Reforçamos que nenhum dos fundos intermediados pela Diferencial foi extinto ou mesmo liquidado, mas, tão somente, a corretora que os intermediou. Portanto nenhum servidor ativo ou inativo teve ou terá prejuízo com essa liquidação;

Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins – IGEPREV